Clique e assine com até 75% de desconto

Escritor Rubem Fonseca morre aos 94 anos

Um dos maiores contistas da literatura nacional, Rubem sofreu um infarto no final da manhã desta quarta-feira (15)

Por Da Redação Atualizado em 7 Maio 2020, 15h19 - Publicado em 15 abr 2020, 15h00

Nesta quarta-feira, 15,Rubem Fonseca, um dos mais renomados escritores do Brasil, morreu na cidade do Rio de Janeiro. A informação foi divulgada na coluna do jornalista Lauro Jardim, no jornal O Globo.

Segundo o veículo, o escritor faleceu após sofrer um infarto hoje no fim da manhã em seu apartamento, no bairro do Leblon, no Rio de Janeiro. Rubem chegou a ser socorrido e encaminhado para hospital Samaritano, mas não resistiu.

Mineiro, Rubem se formou em direito, mas foi na literatura que encontrou a sua grande vocação. O contista e romancista escreveu clássicos como  Feliz ano novo, de 1976, A cólera do cão, de 1963, e O cobrador, de 1979.  Entre os inúmeros reconhecimentos, o escritor recebeu, em 2003, o Prêmio Camões, o mais prestigiado galardão literário para a língua portuguesa.

Em 11 de maio, Rubem Fonseca completaria 95 anos.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade