CLIQUE E ASSINE A PARTIR R$ 6,90/MÊS

Empresário espanca mulher e questiona prisão: “só por isso?”

Gustavo Cardoso Rosa, de 37 anos, desferiu socos na companheira e bebia whisky quando a polícia chegou

Por Da Redação Atualizado em 18 fev 2020, 09h23 - Publicado em 25 abr 2019, 15h48

Tamires de Sant’anna foi agredida a socos dentro de casa por Gustavo Cardoso Rosa, de 37 anos, na noite de terça-feira (23). Os dois estavam em um relacionamento há 8 meses. O rapaz foi preso em flagrante em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, e ainda questionou se seria detido “só por isso”.

De acordo com Mônica Areal, titular da Delegacia de Atendimento à Mulher, o agressor alegou que havia sido só mais uma briga de casal. Porém, indícios de violência em Tamires, como um grande hematoma no olho esquerdo, mostram que a mulher recebeu socos na região do rosto.

“Eles (homens) acham que não é crime, acham que foi uma discussão normal de casal. Na hora da prisão, ele não esperava que os policiais estivessem lá e estava tomando, tranquilamente, um whisky”, conta a delegada.

TV Globo/Reprodução

Tamires, em depoimento, afirmou que essa foi a primeira briga do casal que terminou em agressão física. No entanto, Areal confirma que existe outro registro de violência doméstica contra Gustavo, relacionado a outra mulher.

“Ela diz que foi a primeira vez, geralmente, esses casos vêm em uma crescente, e ela estava bem lesionada. É uma situação complicada, delicada, mas cabe à polícia protegê-la”, explica a delegada. “A primeira coisa é tirar o agressor de perto da vítima. Ela teve coragem e, graças a Deus, nós tivemos um trabalho efetivo e tiramos ele de perto dela.”

Leia mais: Jovem de 25 anos morre após passar por procedimento estético

Recrutador debocha de currículos e é demitido de empresa

Siga CLAUDIA no Youtube

Continua após a publicidade

Publicidade