Emocionante: noiva dança com o pai antes de ele morrer de câncer

Timothy Carey e Becky Carey sempre sonharam com o momento; meses antes do casamento, eles realizaram o desejo juntos

O coronel da Força Aérea dos Estados Unidos, Timothy Carey, sempre sonhou em dançar junto com a filha, Becky Carey, no dia do casamento dela. Mesmo com o seu grave estado de saúde, seu desejo foi realizado.

Timothy foi diagnosticado com câncer em estágio avançado na próstata e no pâncreas em 2014, e, posteriormente, internado para receber, diariamente, os cuidados necessários.

Becky ficou noiva em setembro de 2018 e, no dia em que ela e o seu futuro marido, Matt, foram tirar fotos para o noivado, o casal decidiu que era melhor que a filha e o pai pousassem juntos.

Pai e filha dançam juntos

 (People/Reprodução)

“Nós conversamos e rimos muito”, contou Becky ao Inside Edition. “Eu sussurrei para o meu pai ‘Isso é apenas para praticar e por diversão'”.

Para o momento, Timothy vestiu seu uniforme da Força Aérea e Becky usou seu vestido de noiva e fez o cabelo e a maquiagem. Juntos, eles dançaram “Unchained Melody”, de Righteous Brothers, a música favorita de seu pai, no quintal onde ela cresceu.

“Ele começou a chorar e, é claro, eu chorei também”, contou Becky. “Foi triste, mas também foi lindo”. Um vídeo foi gravado por Luke Denton e, nele, Becky e Timothy dão risadas enquanto dançam juntos. A fotógrafa Bonnie Turner também captou o emocionante momento.

“Fotos são tudo o que você tem quando as pessoas vão embora, é o que vemos para sentir essa pessoa conosco”, apontou Turner ao programa americano Good Morning America. 

Timothy faleceu no dia 29 de março deste ano, aos 70 anos. Becky e Matt planejam exibir o vídeo da dança entre pai e filha no dia do casamento, em setembro.

“Ele lutou contra o câncer mais do que ninguém”, disse Becky ao GMA. “Era para ele ter falecido antes. Eu sei que ele estava segurando por mim.”

Pai e filha dançam juntos

 (People/Reprodução)

Leia também: A grávida de trigêmeos que sabia que um dos bebês estava morto

+ Camisas de futebol transformadas em roupa de hospital encorajam crianças

Siga CLAUDIA no Youtube