Ela achava que podia ter tumor no útero, mas está grávida de quintúplos

Desconfiada do primeiro diagnóstico, a jovem fez novos exames e recebeu a notícia de rara gravidez

Anieli Camargo Kurpel, de 24 anos, recebeu, em março, o diagnóstico de que estava com um cisto no ovário ou tumor no útero. Sentindo muitas dores e com a desconfiança de que aquele era o real causador de seu desconforto, ela fez novos exames. Para sua surpresa, não se tratava de um tumor e sim, de uma gravidez de quíntuplos.

“Na hora fiquei um pouco assustada, mas fiquei muito feliz porque eu queria mais filhos. Todo dia rezava para Deus e pedia por mais um filho”, conta Anieli ao G1. A confirmação da gravidez veio no dia 5 de abril. De acordo com o casal, a fecundação ocorreu naturalmente.

Quando começou a se sentir diferente, Anieli logo desconfiou da gravidez, mas o médico que fez seu exame negou e afirmou que se tratava de um tumor. Mas ela não acreditou.”Você sabe, coração de mãe. Ela decidiu esperar mais um pouco”, contou o marido Luis Fernando Araújo, de 33 anos.

Durante o ultrassom, a surpresa. Cinco batidas de corações puderam ser ouvidas. A jovem tinha completado seis semanas de gestação.

No entanto, o caminho para a confirmação da gravidez de quíntuplos não foi fácil. Luis Fernando conta que eles estavam tentando ter um filho há quatro meses. Anieli já tem um menino de 6 anos, fruto de outro relacionamento. Depois da consulta que resultou no suposto diagnóstico de tumor, ela recebeu quatro dias de atestado médico. Porém, na volta ao serviço, foi demitida.

Anieli, seu filho Davi e seu marido.

Anieli, seu filho Davi e seu marido. (Arquivo Pessoal/Reprodução)

Anieli continuou fazendo os exames de gravidez, sempre com resultados positivos, porém a jovem continuava sentindo muita dor. A médica suspeitou de uma gravidez molar – quando a placenta desenvolve um tipo de tumor – e a paciente ouviu que havia a possibilidade de que ela perdesse o útero. Quatro dias depois, veio a confirmação: estava grávida de quíntuplos.

“Foi único. Eu senti uma emoção muito grande. Escutar cada coração foi lindo, foi um presente de Deus”, afirma a jovem.

Imagem do ultrassom que confirmou a gravidez de quíntuplos

Imagem do ultrassom que confirmou a gravidez de quíntuplos (Arquivo pessoal/G1/Reprodução)

A rara gravidez de Anieli repercutiu em sua cidade, no Paraná, e chamou atenção dos médicos. De acordo com o ginecologista Tiago Wainberg, as estatísticas mostram que as chances de uma gravidez de gêmeos é de 3,4%. No caso de Anieli, quase não há estatísticas de gravidez para quíntuplos. “É um achado médico, praticamente impossível”, conta Wainberg.

Ele também ressalta que “ela é uma paciente muito especial. Vai ser observada semana após semana. Essa paciente vai sofrer alterações no corpo durante toda a gravidez. Tudo que uma mulher grávida passa, ela vai passar cinco vezes.”

O casal, agora, precisará se preparar. Eles contam que não tem condições financeiras, mas Anieli está confiante. “Por mais que sejam cinco bebês e na hora a gente ficar assustada, já amo todos e quero todos.”

Leia mais: Tatá Werneck mostra barriga de grávida pela primeira vez

A história de Poliana Abritta, que passou sete anos tentando engravidar

Siga CLAUDIA no Youtube