Corpo de brasileira é encontrado nu e desfigurado em Roma

A vítima se chamava Norma Maria da Silva e tinha 49 anos

O corpo de uma brasileira foi encontrado nu e com o rosto desfigurado em uma passagem subterrânea no centro de Roma, capital da Itália.

A vítima se chamava Norma Maria da Silva e tinha 49 anos. Estabelecida na Itália há aproximadamente 23 anos, ela estava morando na rua há mais de uma década.

Nesta sexta-feira (17) as autoridades italianas detiveram um homem de 55 anos acusado de assassinar a brasileira.

Identificado como Aldobrando Papi, ele foi detido sob a acusação de homicídio voluntário por supostamente causar a morte violenta de Norma na madrugada de 14 de novembro.

Durante o interrogatório Aldobrando, que também é morador de rua, explicou à polícia italiana que empurrou a brasileira durante uma discussão e que ela teria batido a cabeça.

Segundo a autópsia realizada pelo Instituto Médico Legal da Universidade Sapienza, Norma tinha diversos traumas na cabeça, a clavícula quebrada e feridas espalhadas pelo corpo. Outros exames dirão se a brasileira sofreu violência sexual.

Corpo de brasileira é encontrado nu em Roma

 (Corriere dela Sera/Reprodução)

Ela foi encontrada nua e com o rosto totalmente desfigurado em uma passagem subterrânea da capital italiana, situada no centro de Roma, próxima ao Ministério de Transportes.

Segundo o jornal italiano Corriere dela Sera, ela teria chegado ao país no final da década de 90 e durante os primeiros anos trabalhou em boates locais como dançarina. Em 2009, Norma chegou a ser investigada por exploração de prostituição e imigração clandestina.