Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

Conheça ISA.bot, uma robô que ajuda mulheres vítimas de crimes virtuais

Além de fornecer auxílio e dicas para as mulheres se manterem seguras, a ferramenta também busca promover uma internet mais acolhedora

Por Da Redação - Atualizado em 17 fev 2020, 11h22 - Publicado em 25 nov 2019, 18h48

Mais de dezesseis mil denúncias de crimes virtuais contra as mulheres foram relatadas em 2018, de acordo com dados divulgados pela ONG SaferNet. O número é 1640% vezes maior que o do ano anterior. Para combater esse hostil cenário virtual, foi lançada nesta segunda-feira (25) a ISA.bot, dispositivo para ajudar mulheres em situação de violência na internet e também conscientizar sobre a segurança on-line.

Um bot é uma espécie de robô autônomo e programado para executar tarefas repetitivas e previamente determinadas. No caso de ISA.bot, cujo nome vem do acrônimo “Informação, Segurança e Acolhimento”, sua função é, por meio de uma experiência interativa, com textos e vídeos, apresentar informações e recursos voltados para três diferentes públicos e situações. São eles:

Ajuda agora

Neste modo, a bot auxilia usuárias que estejam sofrendo ou tenham sofrido violência on-line, fornecendo informações e ferramentas para situações como a pornografia de vingança, assédio, sextorsão, entre outras. Ela dará dicas, por exemplo, sobre como preservar provas, além de informar o contato de plataformas como o Mapa do Acolhimento, que conecta mulheres vítimas de violência de gênero a uma rede de psicólogas e advogadas voluntárias.

Saber mais

Aqui, ISA.bot oferece conteúdos para quem deseja auxiliar na promoção de uma internet acolhedora. Também dá dicas para ajudar as mulheres a se manterem seguras e usarem as ferramentas para relatar problemas em plataformas como Facebook e Google.

Modo Ativista

Para mulheres que estão envolvidas em ativismo e sofrem frequentemente com ataques na internet, a bot preparou um espaço seguro e acolhedor, criado com informações e ferramentas específicas para estes casos. Para acessar esse modo, é necessário uma palavra-chave secreta, divulgada pessoa por pessoa para cada ativista.

Fruto de uma parceria entre a organização Think Olga e o Mapa do Acolhimento, e apoiada pelo Facebook, Google e ONU Mulheres, a bot criada pela Cosmobots teve seu lançamento inserido no contexto da campanha mundial 16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres, que ocorrerá entre os dias 25 de novembro – Dia Mundial pela Não-Violência Contra as Mulheres – e 10 de dezembro.

Para ativar a ISA.bot é simples. Basta chamá-la no Messenger de sua página no Facebook ou através do Google Assistente.

Continua após a publicidade
Publicidade