Clique e assine com até 75% de desconto

Como o chiclete pode ajudar a perder peso

O hábito de mastigar a goma pode conter o desejo de comer doces ou de beliscar entre as refeições

Por Da Redação Atualizado em 18 fev 2020, 08h50 - Publicado em 9 Maio 2019, 15h25

Já imaginou perder peso apenas mastigando um chiclete? Parece tentador, não é mesmo? Isso realmente é possível, mas não é um processo rápido e mágico.

Mascar um ou dois chicletes por dia, claramente, não te faz perder muitas calorias e nem vai queimar um hambúrguer ou aquela pizza do fim de semana. Entretanto, o hábito de mascar chiclete pode conter o desejo de comer lanches durante o dia ou de se empanturrar com uma sobremesa deliciosa.

“Para algumas pessoas isso pode ser uma boa estratégia”, afirma Keri Gans, nutricionista e autora do livro The Small Change Diet (A dieta de pequenas mudanças, em tradução livre), à CNN. “Pequenos comportamentos, como mascar chiclete, podem fazer uma grande diferença na trajetória para perder peso”, explica.

Mulher mascando chiclete
Mascar chiclete pode reduzir o apetite Science Photo Library/Getty Images

Segundo Gans, o hábito de mascar chicletes pode funcionar para algumas pessoas porque colocar algo doce na boca depois de comer é um sinal de que a refeição acabou.

“Algumas pessoas precisam de algo doce no final de cada refeição e logo procuram por sobremesas. Se elas pegarem um pedaço de goma de mascar, talvez sirva como um truque”, diz a nutricionista.

Além disso, Gans também explica que, para outros, especialmente aqueles que anseiam por um “lanchinho”, a goma de mascar pode manter a boca ocupada e, ao mesmo tempo, faz perder algumas calorias entre uma refeição e outra.

Mascar chiclete reduz o apetite?

Um estudo feito por Marion Hetherington, do Departamento de Psicologia da Universidade Caledônia de Glasgow, no Reino Unido, e por Emma Boyland, da Escola de Psicologia da Universidade de Liverpool, sugere que mascar chiclete pode, sim, suprimir o apetite e, especialmente, o desejo por doces, além de reduzir a vontade de comer algo entre refeições.

Na pesquisa em questão, 60 pessoas participaram de testes, indo ao laboratório três vezes para almoçar, em dias diferentes, e retornando três horas depois para um lanche.

Continua após a publicidade

Especificamente, os participantes que mascaram chiclete consumiram cerca de 40 calorias a menos nos lanches em relação às outras pessoas. “Os participantes relataram que eles estavam se sentindo mais satisfeitos e resistiram mais a alimentos não saudáveis”, contou Angel Planells, nutricionista e porta-voz nacional da Academy of Nutrition and Dietetics.

Os efeitos são individuais

Entretanto, os efeitos da goma de mascar podem se diferenciar de pessoa para pessoa e dependem da educação alimentar de cada uma. Por exemplo, em outro estudo, feito com 47 participantes no Departamento de Comida e Nutrição da Universidade de Purdue, nos Estados Unidos, o consumo do chiclete não pareceu influenciar no apetite ou na ingestão de alimentos.

Ao mesmo tempo, em outro estudo, realizado por Christine Swoboda e Jennifer L. Temple, ambas do Departamento de Exercício e Nutrição da Universidade de Buffalo, também nos Estados Undios, os participantes mascavam chicletes antes das refeições por duas semanas. Nele, foi indicado que eles diminuíram suas refeições, mas consumiram mais energias nelas e ingeriram alimentos menos nutritivos.

Menina mascando chiclete
Eva-Katalin/Getty Images

Então, como mascar chiclete poderia ajudar nesses casos? Gans afirma que a goma de mascar pode auxiliar quando estamos ansiosos e querendo comer algum snack para “passar o tempo”, mesmo sem estarmos com fome. “Se você é aquele tipo de pessoa que trabalha em casa e se vê vagando pela cozinha várias vezes, ou se você visita a cozinha do escritório para pegar um salgadinho, é com isso que mastigar um chiclete pode ajudar”, explica.

“Coloque algo em sua boca e mantenha-se ocupado, [o chiclete] tem esse grande sabor e você pode ficar menos propenso a procurar por comida ou pegar aquele pedaço de chocolate na mesa do seu colega de trabalho”, detalha.

Porém, Gans alerta: mascar um chiclete não substituirá o lanche da tarde, principalmente se passou muito tempo desde a última refeição. “Um lanche ajuda a te abastecer, especialmente durante a tarde. Um chiclete não fornece a energia necessária que você pode obter de um pedaço de queijo ou um pedaço de fruta”, reitera.

Dicas importantes

Por fim, a nutricionista separa quatro dicas importantes na hora de usar o chiclete como uma forma de reduzir a vontade por snacks.

  • Escolha chicletes sem açúcar: eles apresentam ainda menos calorias que a goma com açúcar, além de não serem prejudiciais aos dentes, já que aumentam o fluxo de saliva, lavando os ácidos produzidos pelas bactérias na placa, o que diminui o risco de cáries, de acordo com a American Dental Association.
  • Masque no máximo de cinco a seis peças por dia: quando consumido em excesso, os açúcares presentes no chiclete podem causar inchaço e diarreia de acordo com Angel Planells. “Não estamos sugerindo que alguém deva mascar chiclete todo o dia”, explica Gans. O recomendável é mascar chiclete de manhã, um depois do almoço, entre as refeições e após o jantar.
  • Leve o chiclete na bolsa: ajuda a ter chiclete para qualquer hora do dia quando sentir necessidade.
  • Se você não gosta de chiclete, não há necessidade de iniciar o hábito: Gans explicou que outros hábitos podem servir para reduzir a vontade de comer um doce, como, por exemplo, tomar café ou chá levemente açucarado e comer apenas um quadrado de uma barra de chocolate.

Leia também: Convidada enche tupperware em casamento e noiva desabafa

+ A unha de gel que escondeu um câncer

Siga CLAUDIA no Youtube
Continua após a publicidade
Publicidade