Com doença terminal, pai procura nova família para filho

No Reino Unido, antes de morrer, pai escolheu família adotiva para filho pequeno

Há nove meses, o britânico Nick Rose foi diagnosticado com câncer e lhe foi informado que teria pouco tempo de vida. Pai solteiro do filho Logan, de 4 anos, começou a temer pelo futuro do filho. Então resolveu usar seus últimos meses para escolher a família adotiva para o pequeno.

Leia também: Pai de gêmeos de 6 anos relata história de filha transexual 

A doença se espalhou por seus ossos e pulmão e Nick veio a falecer em 3 de janeiro, aos 40 anos. Logo depois, Logan foi entregue à nova família. Uma de suas amigas próximas, Amy Crompton, contou ao Daily Mirror sobre os últimos momentos de Nick: “Ele tentou se manter forte pelo máximo de tempo possível, ele se empenhou bravamente para encontrar uma família para seu filho depois que fosse embora”.

Junto com o irmão e outros amigos, Amy criou uma campanha para arrecadar fundos para o funeral de Nick – a meta já foi ultrapassada em várias vezes. O restante do dinheiro será destinado à mudança de Logan para a família adotiva, a nova escola e os uniformes.

Leia também: Príncipe William relata que enfrentou problemas ao virar pai