Brasileiro é finalista na categoria de animação do Oscar

Estamos com um pé no Oscar! O paulistano Leo Matsuda está entre os finalistas da premiação com seu curta-metragem de animação "Trabalho Interno"

O Brasil está com um pezinho no Oscar. O paulista Leo Matsuda está entre os finalistas da premiação de melhor curta-metragem de animação, por “Trabalho Interno”, que possui a produção assinada pela Disney. A animação será exibida logo antes do longa “Moana” em todas as sessões do filme nos cinemas mundiais. A estreia é prevista para o dia 5 de janeiro de 2017.

A ideia foi a selecionada de 53 funcionários do estúdio que se inscreveram no processo seletivo para participarem de um concurso de curtas idealizado pela própria Disney, em 2014. 115 pessoas participaram da produção da película em algum estágio.

O curta narra a história de Paul, um burocrata extremamente introspectivo e envergonhado, que tem medo de seguir seu coração. Mas não espere que ele seja a estrela do filme, quem brilha são seus pulmões, coração, cérebro e bexiga. O filme retrata a vida que pulsa dentro do corpo humano de um jeito emocionante.

A ideia não foi um insight do paulistano, que de tanto folhear as páginas sobre a anatomia do corpo humano de uma enciclopédia, sempre teve em mente. “É uma memória que nunca saiu da minha cabeça, não foi algo que simplesmente surgiu do nada. É uma experiência muito pessoal minha, o que torna esse curta super especial para mim”, disse Leo em entrevista a CLAUDIA, formado em desenho industrial pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.

trabalho-interno

Há quatro anos trabalhando nos estúdios mais mágicos do mundo, Leo veio morar nos Estados Unidos, pela primeira vez, em 2004, e confessa talvez um dos maiores segredos de seu sucesso: “Sou muito metódico e organizado, acho que isso vem da minha descendência japonesa.”

Leo não nega que a produção se parece, um pouco, com o longa “Divertida Mente”, lançado em 2015: “Acho que as pessoas podem enxergar semelhanças, mas continua sendo algo muito meu, então acredito que seja diferente.”

Serão cinco finalistas selecionados entre esses dez pré-indicados – a lista será anunciada no dia 26 de janeiro, em cerimônia no Dolby Theater, em Los Angeles.

Pelo histórico de premiações, o brasileiro tem boas chances de entrar na disputa final. A Disney foi indicada 6 vezes nos últimos anos e venceu duas. Ela e a Pixar – que pertence ao estúdio – somam 61 indicações.

Veja a lista de finalista:

“Blind Vaysha”, de Theodore Ushev (National Film Board of Canada)

“Borrowed Time”, de Andrew Coats e Lou Hamou-Lhadj (Quorum Films)

“Happy End”, de Jan Saska (Film and TV School of the Academy of Performing Arts in Prague)

“The Head Vanishes”, de Franck Dion (Papy3D Productions, National Film Board of Canada e ARTE France Cinema Department)

“Once upon a Line”, de Alicja Jasina (University of Southern California)

“Pear Cider and Cigarettes”, de Robert Valley (Massive Swerve Studios and Passion Pictures Animation)

“Pearl”, de Patrick Osborne (Google Spotlight Stories/Evil Eye Pictures)

“Piper: Descobrindo o Mundo”, de Alan Barillaro (Pixar Animation Studios)

“Sous Tes Doigts (Under Your Fingers)”, de Marie-Christine Courtès (Vivement Lundi! and Novanima)

“Trabalho Interno”, de Leo Matsuda (Walt Disney Animation Studios)

Veja o trailer oficial:

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s