Bebê de 11 meses recebe coração de menino que morreu em acidente doméstico

Menino de 6 anos teve morte cerebral depois que armário caiu em sua cabeça

Um bebê de apenas 11 meses recebeu o coração de Lucca, de seis anos, o filho do goleiro Elisson que morreu em um acidente doméstico em Minas Gerais. Um armário caiu sobre o menino quando ele tentava pegar um refrigerante. A criança teve traumatismo craniano e morte cerebral. O transplante de coração aconteceu em São José do Rio Preto, interior de São Paulo.

O bebê de apenas 8,9 quilos nasceu com miocardiopatia dilatada, doença que faz o coração aumentar de tamanho, dificultando a função do órgão de fornecer sangue ao corpo.

Para que o transplante fosse possível um plano de logística envolvendo avião e helicóptero foi montado. Para aumentar a chance de sucesso do procedimento, a cirurgia deve ocorrer no prazo de até quatro horas desde a retirada do corpo do doador até chegar ao receptor do coração.

O bebê segue na UTI cardiopetiátrica e, segundo informações do hospital, as 72 horas pós-transplante são decisivas para avaliar a aceitação do novo órgão.

O goleiro, em sua página no Instagram, escreveu uma mensagem emocionante sobre o transplante: “Lucca é um milagre, filho vc já tá salvando vidas.”

Leia também: O problema de saúde que tirou Junior Lima do palco