Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Barbara Jatta é a primeira mulher diretora dos Museus do Vaticano

Há dois anos no cargo, a italiana tem o desafio de ampliar o número de visitantes nos museus – que já é bem alto!

Por Da Redação - 27 mar 2018, 15h20

A historiadora italiana Barbara Jatta, 55 anos, completou dois anos na direção dos Museus do Vaticano, após ter sido nomeada pelo Papa Francisco como substituta de Antonio Paolucci. Ela foi a primeira mulher a assumir esse cargo, seus antecessores foram todos homens.

Os Museus do Vaticano estão cada vez maiores e mais conceituados, se estendendo por quatro milhas e meia. Barbara, que vem de uma família de artistas, trabalhou no Vaticano por duas décadas antes de se tornar diretora.

Em entrevista a Vanity Fair, Barbara disse que um de seus desafios no cargo é aumentar o número de visitantes. Atualmente são 6 milhões de pessoas por ano, mas a italiana que ver mais gente circulando pelos museus. 

Outro objetivo de Barbara é manter o tradicionalismo e o simbolismo, ao mesmo tempo em que se adequa às tecnologias. Um exemplo: os Museus do Vaticano estão lançando um novo site com tela interativa. “Eu não estou em um mosteiro”, disse à revista. “Sou uma mulher trabalhadora do terceiro milênio.”

Continua após a publicidade

Leia também: Sobremesas para a Páscoa: 45 receitas irresistíveis

+ Páscoa: 30 receitas para um almoço prático e delicioso

Publicidade