Clique e assine com até 75% de desconto

BAFTA pede que mulheres usem preto para apoiar o #MeToo

Premiação europeia quer mostrar apoio a movimento Time´s UP, que surgiu após denúncias de abusos na indústria de Hollywood

Por Da Redação 2 fev 2018, 00h31

A Academia Britânica de Cinema e Televisão (BAFTA) está incentivando todas as mulheres indicadas e convidadas à premiação para usar preto no dia 18 de fevereiro, data do evento.

A ação é para mostrar apoio à iniciativa #MeToo, em particular a favor da prevenção contra abusos sexuais iniciadas pelo movimento Time’s Up. “Com o Bafta sendo a primeira grande cerimônia de premiação sobre filme na Europa neste ano, sentimos que é importante fazer uma declaração para mostrar solidariedade global e que a questão não está sendo esquecida e que as pessoas em todas as indústrias que experimentaram desigualdades e abusos estão convidadas para unir as mãos.”

Leia também: Artistas explicam por que vestem preto no Globo de Ouro 2018

A BAFTA Awards ainda declara: “É por isso que estamos convidando você a usar preto para a cerimônia de premiação, para seguir o exemplo de nossas irmãs que participaram do Globo de Ouro. Usar preto é uma afirmação forte, unificadora e simples – uma representação física e visual da nossa solidariedade com pessoas em todas as indústrias que sofreram assédio sexual e abuso ou foram retidos devido a um desequilíbrio no poder. É também a cor mais fácil para a maioria usar e se sentir confortável”.

View this post on Instagram

Continua após a publicidade

#TIMESUP #WHYWEWEARBLACK

A post shared by TIME'S UP (@timesupnow) on

Neste ano, a premiação espera grandes nomes do cinema, como: Annette Bening, Frances McDormand, Margot Robbie, Sally Hawkins, Saoirse Ronan, Kristin Scott Thomas, Allison Janney, Lesley Manville e Octavia Spencer.

O BAFTA 2018 acontece no Royal Albert Hall, em Londres.

Continua após a publicidade
Publicidade