Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

A miss que trocou coroa pela medicina para atuar no combate ao coronavírus

Bhasha Mukherjee fez uma pausa na carreira de medicina para competir ao Miss Mundo. Agora, ela quer voltar ao hospital e ajudar seus antigos colegas

Por Da Redação - 8 abr 2020, 12h48

Bhasha Mukherjee fez uma pausa em sua carreira como médica para concorrer ao título de Miss Mundo, em dezembro de 2019. A Miss Inglaterra representava seu país na disputa. Agora, em 2020, ela decidiu trocar a coroa pelo estetoscópio e voltar à medicina para auxiliar no combate ao novo coronavírus.

Aos 24 anos, Mukherjee tornou-se embaixadora de instituições de caridade após vencer o concurso na Inglaterra. “Fui convidada para ir à África, á Turquia, depois à Índia, ao Paquistão e outros países asiáticos para ser embaixadora de vários trabalhos de caridade”, contou a médica a CNN internacional.

Seu plano era se dedicar ao trabalho humanitário. No início do mês de março, a Miss Inglaterra estava na Índia, onde passou quatro semanas visitando escolas e doando materiais de papelaria e escolares, além de arrecadar doações em dinheiro para um lar para meninas abandonadas.

No entanto, o agravamento da pandemia do coronavírus fez com que ela sentisse o dever de voltar ao Reino Unido para auxiliar seus antigos colegas de profissão do Pilgrim Hospital, em Boston, leste da Inglaterra. Eles a enviaram mensagens de texto alertando sobre as situações complexas que estavam enfrentando na rotina de trabalho.

Continua após a publicidade

View this post on Instagram

#Stayhome We owe it to our brilliant NHS staff and healthcare staff all over the world to atleast follow one simple step: stay at home. Our fore father's lasted world wars , famines , great depression, partitions, haulocaust – the trauma of which was by far much bigger than anything we are facing right now constricted within our own four walls. Health care staff are risking their lives for us so let's risk our mere leisure for a little while to say thank you to them. Video by @soulful_s @missenglandnews

A post shared by Dr Bhasha Mukherjee (@bhashamukherjee) on

Continua após a publicidade

Ainda à CNN, Mukherjee contou que sentia que era um erro continuar vestindo a coroa de Miss Inglaterra, mesmo se fosse para o trabalho humanitário, enquanto pessoas ao redor do mundo morriam pela Covid-19 e seus antigos colegas de profissão trabalhavam duro nos hospitais.

“Não há momento melhor para mim do que ser Miss Inglaterra e ajudar a Inglaterra em um momento de necessidade”, afirmou ela ao noticiário.

Mukherjee é especializada em doenças respiratórias, mas antes de assumir o cargo, ela deve ficar duas semanas em isolamento domiciliar, por conta de seu trabalho voluntário na Índia.

Na última segunda-feira (6), a Inglaterra registrou 403 mortes por coronavírus, totalizando 4.897 vítimas, segundo o Serviço Nacional de Saúde (NHS).

Continua após a publicidade

Em tempos de isolamento, não se cobre tanto a ser produtiva:

Publicidade