4 famosas contam o que adorariam ter aprendido quando pequenas

O que elas gostariam de dizer às filhas ou a qualquer menina? Em lançamento de campanha publicitária, elas falam sobre feminismo e autoestima

Sua filha já ouviu que, por ser uma menina, não deveria fazer alguma coisa? Ou, quem sabe, você mesma quando criança? Apostamos que já!

Essa pergunta foi feita na nova campanha de uma marca de absorventes e 72% das garotas participantes responderam que sim. “Precisamos ser tradicionais, não fazer nada de muito desafiador”, diz uma delas no vídeo. “As pessoas dizem que precisamos estar sempre contentes”, conta outra. No fim, elas são convidadas a escrever em caixas as limitações mais comuns e, em seguida, a riscar a palavra ou até mesmo empurrar as caixas.

No lançamento do vídeo, conversamos com as quatro convidadas especiais do evento: a escritora Thalita Rebouças, a atriz e cantora Sophia Abrahão, a apresentadora Rafa Brites e Isadora Faber, criadora da Fan Page que virou livro “Diário de Classe”. Depois de falar apaixonadamente sobre as limitações que a sociedade impõe às mulheres desde cedo, todas elas empurraram e pisaram nas caixas em que haviam escrito palavras como “Insegurança” ou frases do tipo “Não posso praticar esportes”. O grupo estava engajadíssimo na causa do empoderamento feminino!  

Entre uma caixa pisoteada e outra, perguntamos para as porta-vozes da campanha: “O que você gostaria de ter aprendido quando criança?”. Veja o que elas responderam!

“Adoraria ter entendido que eu era linda do jeito que eu era. Não precisamos ser perfeitas. Não precisamos nos angustiar, pensando o tempo todo que nosso jeito de ser não é bom o suficiente, que nossa aparência não é boa o suficiente. Somos tão exigidas pela sociedade e acabamos exigindo demais de nós mesmas!”
Sophia Abrahão

“Minha mãe sempre me ensinou a acreditar nos meus sonhos, sim, mas construir a minha realidade. Acho esse aprendizado superimportante. Não adianta ficar só desejando as coisas e não agir. Nós, meninas, muitas vezes não somos encorajadas a ir atrás do que queremos com garra e determinação.”
Isadora Faber

“’Acredite em você!’ Quando a gente acredita na gente, as pessoas acreditam também. Vale para tudo: no mercado de trabalho e na vida. Sabe o que seria lindo? As meninas terem o hábito de se olhar no espelho e dizer para si mesmas: ei, eu sou incrível!”
Thalita Rebouças

“Quando vejo uma menina pequena chorando, acho que seria muito legal, em vez de só ficarem passando a mão na cabeça dela, dizerem: ‘Para de chorar’. Somos muito fortes! Eu gostaria que esse lado ‘coitadinha’ não fosse tão alimentado. Delicadeza e sensibilidade são força, não fragilidade. Perceber o humor de alguém, sacar só de olhar que a amiga está mal… Isso tudo mostra como somos fortes.”
Rafa Brites

Assista abaixo o vídeo!

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s