CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

SPFW N43: As mensagens empoderadoras no desfile de Amir Slama

Em parceria com o Estadão, as modelos exibiam frases contra o assédio em seus corpos.

Por Ana Flavia Monteiro Atualizado em 20 jan 2020, 18h12 - Publicado em 16 mar 2017, 22h17

Nessa quinta (16), 4º dia de São Paulo Fashion Week, o estilista Amir Slama mandou uma mensagem contra o assédio durante o desfile da sua coleção de Inverno 2017.

O Estadão, em parceria com a agência de publicidade FCB Brasil, criou o projeto Sexismo Invisível, que visa conscientizar as pessoas em relação ao assédio sexual que as mulheres sofrem e enfrentam todos os dias. A ação consiste na pintura de frases de empoderamento no corpo das modelos para o desfile do estilista.

Frases como “decote não é convite”, “me visto como eu quiser” e “minha saia não é permissão” foram aplicadas em diversas partes dos corpos das modelos, mas só apareciam em fotos feitas com flash, mostrando que a culpabilização da vítima ainda é invisível para muitas pessoas.

Por mais iniciativas como essa!

Continua após a publicidade

Publicidade