Assine CLAUDIA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Jorge Feitosa: marca sustentável foi criada a partir da sulanca

O pernambucano reconhece a importância da sustentabilidade para suas criações

Por Lorraine Moreira
8 dez 2023, 07h09

Diretamente de Pernambuco, Jorge Feitosa coleciona uma trajetória importante na moda nacional. Aos 6 anos, o estilista brincava com as máquinas de costura de sua mãe. Quando cresceu, resolveu seguir carreira como professor de história. Anos mais tarde, trabalhou em São Paulo como vitrinista e estilista. Agora, chega à Casa de Criadores para repassar seu conhecimento aos novos talentos da moda e, nesta sexta (08), apresenta sua coleção no evento.

A marca começa a partir da SULANCA, um movimento que teve início nas décadas de 1960 e 1970. Ele envolvia a produção de peças de vestuário a partir de retalhos de helanca, que eram excedentes das indústrias têxteis e de confecções do Brás, em São Paulo, e posteriormente levados até Santa Cruz do Capibaribe, em Pernambuco.

Erguido com base no conceito de sustentabilidade, o projeto não apenas aborda o que fazer com os resíduos, mas também questiona o motivo de sua existência.

Além disso, promove uma reflexão sobre a necessidade contínua de lidar com os resíduos alheios, com um enfoque educacional a respeito desse desafio.

Roupa criada por Jorge Feitosa
Sustentabilidade é o foco de Jorge Feitosa (@jorgefeitosa.jf/Instagram)

“Sempre tive a matéria prima como ponto de partida dos meus projetos. Começo minha pesquisa com a matéria prima, principalmente pelos tecidos. Minha trajetória pessoal e profissional me levaram a esse tipo de processo”, disse Jorge Feitosa.

Em sua marca homônima, o estilista empreende um trabalho que abraça a sustentabilidade por meio do conceito de slow fashion. Concentrando-se principalmente em roupas masculinas, ele utiliza retalhos gerados durante a própria produção, destacando-se pela preferência por tecidos adquiridos em lojas de saldos.

Esses tecidos, muitas vezes negligenciados pela Indústria da Moda, são complementados por materiais de linha comercial, com uma preferência por algodão ou aqueles cuja composição seja predominantemente de algodão.

Sua nova coleção chega na Casa de Criadores no ano que marca seus 20 anos de carreira. Ainda no evento, ele foi responsável por uma oficina em colaboração com outros profissionais da moda.

Continua após a publicidade

Para os próximos dias, ele planeja uma linha que será apresentada no estado em que nasceu para celebrar sua carreira.

 

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

O mundo está mudando. O tempo todo.
Acompanhe por CLAUDIA e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.

Acompanhe por CLAUDIA.

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 12,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.