Clique e assine com até 75% de desconto

Influenciadoras estilosas mostram seus looks favoritos para ficar em casa

Já cansou do pijama? Influenciadoras dividem looks confortáveis mas estilosos para você se inspirar.

Por Barbara Cestaro Atualizado em 13 jul 2020, 21h18 - Publicado em 4 Maio 2020, 07h00

Um dia de cada vez. E, para ajudar a manter o ânimo durante o isolamento, use a moda como ferramenta de autocuidado. Não precisa sair comprando, você tem o que precisa bem aí. Recrutamos um time de mulheres incríveis que vêm revisitando o armário e repensando o consumo. Elas mostram looks que priorizam conforto e bem-estar, mas não perdem o estilo. É sua chance de soltar a criatividade!

CRIS PALADINO (@PRETTAMESMO)

Durante uma mudança de casa recente, a modelo Cris Paladino aproveitou para organizar o guarda-roupa e se reconectar com peças que andavam esquecidas. 

“Quando vasculhei o que tinha no armário, achei peças que adoro, como este moletom que ganhei em uma viagem para Nova York. Separei tudo por cor – tinha vontade de fazer isso havia muito tempo – e ainda juntei uma pilha de roupas para doar”

Cris Paladino/CLAUDIA/CLAUDIA

BABI BERGER (@BABIBERGER)

Usar um ponto de cor é o recurso favorito de Babi Berger para dar um toque divertido ao visual.

“Sempre achei que nossas roupas dizem muito sobre como estamos nos sentindo. Vestir algo alegre tem o poder de mudar o astral e até o dia. Por que não transformar isso numa brincadeira mesmo que seja para ficar em casa?”

Babi Berger/CLAUDIA/CLAUDIA

VALÉRIA ROSSATTI (@VALERIAROSSATTI)

Conforto é palavra de ordem para Valéria Rossatti. Ela prefere looks básicos e com cores neutras para não gastar muito tempo se vestindo.

“Redescobri minha pequena coleção de quimonos, peça milenar da cultura japonesa, originais dos anos 1950 e 1960. Tenho recorrido a eles para levantar visuais mais simples, como um moletom largo”

Valéria Rossati/CLAUDIA/CLAUDIA

GABRIELLA MAGALHÃES (@GABRIELLAMAGALHAES)

A carioca Gabriella Magalhães já era adepta do home office. Portanto, cultiva o hábito de investir em peças confortáveis, práticas, mas bonitas, que criam um visual interessante rapidamente.

“Com criança em casa, valorizo as pequenas vitórias pessoais, como fazer a rotina de skincare e trocar o pijama por uma roupa. Tenho amado calças de flanela ou de moletom. Isso já é o suficiente pra mudar o rumo do dia”

Gabriella Magalhães/CLAUDIA/CLAUDIA

MAQUI NÓBREGA (@MAQUI.NOBREGA)

Numa resolução de ano novo, Maqui Nóbrega decidiu parar de guardar roupas para momentos especiais, que, às vezes, nunca chegavam. Ganhou em estilo ao eliminar essas barreiras.

“Após uma semana em casa, comecei a me sentir mal. Não sabia nem que dia era. Passava em frente ao espelho e ficava ainda mais desanimada. Resolvi vestir as roupas que antes usava pra sair e imediatamente me animei”

Maqui Nóbrega/CLAUDIA/CLAUDIA

YASMIN STEVAM (@Y4SESTEVAM)

Dona de um brechó, Yasmin Stevam é adepta do consumo consciente. Busca em bazares por todo o país, peças para ela e para o negócio. Ela garante que a doação é um ato de carinho com as roupas.


“O isolamento não tirou minha vontade de me arrumar, porque é pela relação com as minhas roupas que exercito meu olhar criativo e solto a minha imaginação. Não abro mão de acessórios, uso cinto e colar até no sofá”

Yasmin Stevam/CLAUDIA/CLAUDIA

TENHA EM CASA

DIVULGAÇÃO/CLAUDIA/CLAUDIA

1. Brincos de metal, Vehr, R$ 189*

2. Presilhas de metal, Renner, R$ 29,90 o kit com três*

3. Quimono de seda, Lenny Niemeyer, no Shop2gether, R$ 1 998* – Compre aqui

4. Sandália de nobuck, Birkenstock, no Shop2gether, R$ 529,90* – Compre aqui

5. Bermuda de neoprene, Renner, R$ 59,90*

6. Blusão de lã , Zara, R$ 229*

7. Brincos de metal, Nádia Gimenes, R$ 87*

8. Tênis de lona, Adidas, R$ 450*

*Preços pesquisados em abril/2020, sujeitos a alteração

Continua após a publicidade

Edição de Moda Fabio Ishimoto

Texto e produção Barbara Cestaro

  • Continua após a publicidade
    Publicidade