A mulher que transformou a Prada em um império

Até os anos 1970, a Prada era apenas uma marca familiar especializada em bagagens. Mas aí Miuccia resolveu mudar tudo.

No Mês da Mulher, convidamos o editor de moda de CLAUDIAFabio Ishimoto, para destacar semanalmente cinco mulheres marcantes no universo fashion. Dessa vez, vamos falar de Miuccia Prada.

Aos 70 anos, Miuccia é uma lenda viva da moda. Ao assumir a direção criativa da Prada, nos anos 1980, ela transformou o que era uma empresa familiar especializada em bagagens em uma das mais prestigiadas marcas de luxo, com vendas que superam US$ 4 bilhões anuais. Em março de 2019, a Forbes estimou seu patrimônio líquido em US$ 2,4 bilhões.

“Com uma nova forma de pensar a moda, suas criações são pioneiras e inovadoras, ditam tendências e provam que Miuccia é uma das designers mais influentes de todos os tempos”, diz Fabio Ishimoto.

Curiosamente, a designer tinha aversão ao negócio da família quando era jovem. Ela é PhD em ciências políticas e já foi filiada ao Partido Socialista da Itália. Mesmo assim, acabou entrando para a empresa do avô em 1978 e acabou descobrindo que tinha talento para a moda. Hoje, além da marca principal, o Grupo Prada também inclui a Miu Miu – grife xodó de Miuccia – e as marcas de sapato Church’s e Car Shoe

Miuccia também tem muito orgulho de ter fundado a Fondazione Prada, importante instituto cultural sediado em Milão e Veneza.

 

 

%d blogueiros gostam disto: