Escorrer a água do macarrão pode prejudicar o preparo da massa

O líquido leitoso que aparenta estar "sujo" é descrito por chefs de cozinha como "ouro líquido"

O hábito de deixar o macarrão escorrendo na pia da cozinha para eliminar qualquer resíduo de água que permaneceu do processo de cozimento não é recomendado pelos chefs de cozinha. De acordo com o site HuffPost Brasil, os profissionais descrevem esse fluido como “ouro líquido”.

Enquanto é cozida em água quente, a massa deixa a água esbranquiçada e leitosa devido a farinha em sua composição. Muita gente interpreta isso como “água suja”, o que é um grande equívoco.

Leia também: 30 receitas deliciosas de macarrão para deixar seu almoço especial

Esse líquido, na verdade, ajuda a emulsionar o molho de tomate. Sem ele, repare que acaba sendo produzida uma “poça” no seu prato. Isso acontece porque a água, o óleo e molho usados na macarronada se separam. Esse processo de emulsificação provocado pela água usada no preparo da massa ajuda a mantê-los unidos. A dica é jogar um pouco do líquido leitoso junto ao molho e voilà! Você terá a liga perfeita entre os líquidos.

Leia sobre: 20 receitas para fazer o macarrão no forno