Como preparar conservas fresquinhas de tempero

A chef Ana Luiza Trajano ensina o passo a passo para manter os temperos sempre frescos

Para ganhar tempo, evitar o desperdício e ter sempre à mão ervas fresquinhas, siga o passo a passo da chef Ana Luiza Trajano para prepará-las e acondicioná-las.

1)Higienização

ervas_1

 (Marcelo Resende/ Claudia/)

Higienize as ervas, deixando-as de molho por 15 minutos em uma tigela com água e vinagre. Calcule 1 colher (sopa) por litro.

2) Separação

ervas_2

 (Marcelo Resende/ Claudia/)

Seque os ramos entre camadas de papel absorvente. Separe as folhas dos talos. Reserve-os para o preparo de caldos.

 

Leia também: A erva certa para cada prato

3) Fervura

ervas_3

 (Marcelo Resende/ Claudia/)

Mergulhe as folhas em uma panela com água fervente por aproximadamente 20 segundos.

4) Branqueamento

ervas_4

 (Marcelo Resende/ Claudia/)

Retire as folhas com uma escumadeira e despreze a água. (Esse processo, o branqueamento, preserva o sabor e a cor.)

 

Leia também: 21 ideias para reaproveitar vidros de conserva

5) Resfriamento

ervas_5

 (Marcelo Resende/Claudia/)

Resfrie em uma vasilha com gelo por 20 segundos. Escorra a água que se forma e seque as folhas.

6) Armazenamento

ervas_6

 (Marcelo Resende/Claudia/)

Pique as ervas com a ponta da faca. Apoie a mão sobre as costas da lâmina do utensílio, que deverá estar bem afiada.

 

7) Conservação

ervas_7

 (Marcelo Resende/Claudia/)

Armazene em potes herméticos no freezer por até dois meses. Identifique-os com etiqueta ou tag.

 

Leia também: Truques mágicos para arrasar na cozinha

Ervas Secas

ervas_secas

 (Marcelo Resende/Claudia/)

Outra forma de conservá-las é por meio da desidratação. Algumas ervas, a exemplo do alecrim, do tomilho e do louro, ficam ainda mais saborosas quando bem sequinhas. Para isso, basta levá-las ao forno baixo, em uma assadeira, por 40 minutos. Guarde em potes, em temperatura ambiente e sem umidade, e use em até um mês.