Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

“Meus irmãos se revezavam me estuprando. Um sabia do outro”

A leitora Mariane* foi molestada pelo avô, estuprada pelo tio e pelos irmãos. A mãe nunca acreditou nela

Por Da Redação - Atualizado em 4 set 2020, 19h13 - Publicado em 6 set 2020, 09h00

“Li um relato aqui em CLAUDIA e me identifiquei imediatamente. A única diferença é que não fui molestada apenas por meus irmãos, mas também pelo meu avô e dois tios.

Ninguém nunca acreditou em mim. Minha mãe idolatrava meu avô e os meus irmãos, filhos do primeiro casamento dela. Aprendi a ficar calada.

Primeiro fui abusada por meus avô. Ele me sentava no colo dele e enfiava o dedo em mim. Ele falava que quando o dedo coubesse inteiro, o pênis entraria. Só que antes de meu avô agir, fui estuprada por meu tio, irmão da minha mãe. Com medo de que eu alguém descobrisse, ele me penetrou pelo ânus. Lembro como se fosse hoje. Eu gritava e ele nem se abalava, pois dizia que ninguém nunca acreditaria, já que não teria evidências dele ter me penetrado.

Algum tempo depois, meus irmãos começaram a abusar de mim. Eles revezavam e um sabia do outro, era como um acordo. Mas não sei se eles sabiam do meu tio e avô. Isso aconteceu dos 5 aos 9 anos.

Em 2017, 40 anos depois de tudo isso, resolvi escrever um livro com a história para ajudar a conscientizar outras famílias. Mesmo assim minha família acha que estou mentindo.”

A partir de agora, CLAUDIA mantém esse canal aberto e oferece acolhimento para quem quiser libertar as palavras e as dores que elas carregam. Fale com CLAUDIA em falecomclaudia@abril.com.br.

*Nome trocado a pedido da personagem

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade