Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

“Ele me tortura psicologicamente, me chama de louca, neurótica”

A leitora Mariane* vive uma relação abusiva. Quando confronta seu namorado sobre mentiras, ele a agride verbalmente

Por Da Redação Atualizado em 29 ago 2020, 12h06 - Publicado em 29 ago 2020, 09h00

“Conheci meu parceiro em novembro de 2015. Depois de um mês, começamos a namorar. Ele era muito atencioso e carinhoso comigo. Depois de um tempo, descobri uma traição. Resolvi confrontá-lo e ele me chamou de neurótica, louca. Disse que iria embora se eu continuasse agindo assim.

Esse episódio acabou com a confiança que eu tinha nele e na nossa relação. Hoje, desconfio de tudo. E nós discutimos o tempo todo. Eu tenho medo de ficar sem ele e ele sabe que não vou deixá-lo, por isso fala coisas horríveis. Ele me tortura psicologicamente. Quando passa, ele diz que me ama muito, mas que não é esse tipo de relação que quer para ele.

Eu entrei em depressão por causa dessa montanha-russa da relação. Choro muito todos os dias. E tem vezes que finjo que está tudo bem. Essa angústia permanece no meu peito. Faço terapia, tratamento com psiquiatra, mas ainda assim não consigo deixá-lo.”

A partir de agora, CLAUDIA mantém esse canal aberto e oferece acolhimento para quem quiser libertar as palavras e as dores que elas carregam. Fale com CLAUDIA em falecomclaudia@abril.com.br.

*Nome trocado a pedido da personagem

  • Continua após a publicidade
    Publicidade