CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

“Descobri que meu marido abusava das minha sobrinhas e denunciei”

A leitora Cátia* ainda visita o ex na prisão, apesar de não se relacionar mais com ele. Suas filhas acham que não foram abusadas, mas não têm certeza

Por Da Redação Atualizado em 22 set 2020, 15h30 - Publicado em 22 set 2020, 17h30

“Há quase três anos, meu companheiro, pai dos meus três filhos, foi preso por estupro de vulnerável. Foi um momento muito difícil, pois os abusos foram com as minhas sobrinhas, na época com idades entre 6 e 8 anos.

Quando minha irmã veio me contar o que estava acontecendo, eu de imediato pedi para ela ir até a delegacia e denunciá-lo e assim ela fez. Até hoje, mesmo preso, ele jura inocência e diz foi um complô contra ele.

Minhas filhas dizem que nunca aconteceu com elas, mas elas não tem certeza absoluta. Meu filho não quer nem ouvir falar do pai.

Esse homem sempre me traiu, mas só descobri quando ele foi preso. Mesmo assim, não tenho rancor dele e não guardo mágoas. Não o amo mais, mas não consigo virar as costas para ele. Eu me afastei dos amigos por vergonha.

Hoje, não consigo me envolver com outros homens por medo da história se repetir. Vejo outros homens, mas apenas por sexo. Não sei qual rumo tomar em minha vida.”

A partir de agora, CLAUDIA mantém esse canal aberto e oferece acolhimento para quem quiser libertar as palavras e as dores que elas carregam. Fale com CLAUDIA em falecomclaudia@abril.com.br.

*Nome trocado a pedido da personagem

Continua após a publicidade

Publicidade