“Trabalho muito pra ser reduzida a uma mulher triste, sem filhos”

Jennifer Aniston desabafa sobre estar cansada de ser estigmatizada por seus relacionamentos e por sua vida pessoal.

Após tantos anos sendo vista como ex-de Brad Pitt que não teve filhos, a atriz norte-americana Jennifer Aniston, 47 anos, tem feito questão de deixar claro que está cansada desse estigma. Em julho, ela escreveu uma carta poderosa no HuffPost em que defendia que “não precisamos ser casadas ou mães para sermos completas” e desabafava sobre os enormes esforços da imprensa norte-americana para descobrir se ela estava grávida ou não. “Não estou grávida, estou farta”, disse na ocasião.

Neste mês, ela voltou ao assunto em entrevista a uma revista norte-americana explicando suas motivações para redigir aquela carta. “Meu status civil foi ridicularizado; meu divórcio foiridicularizado; minha falta de companheiro ridicularizada; meus peitos foram ridicularizados. É tipo, “Por que estamos olhando para as mulheres apenas através dessa lente particular que nos separa? Por que estamos ouvindo isso?’, eu penso: eu tenho me esforçado muito nesta vida e nesta carreira para reduzida a uma mulher triste e sem filhos” defendeu.

Além disso, ela também se abriu sobre sua relação com o ator Justin Theroux, 45 anos, com quem está junto há quatro anos – e casada desde agosto do ano passado. “Por que ele é a pessoa certa para mim? Tudo o que sei é que me sinto completamente percebida e adorada, não importa em que estado. Não há uma parte de mim que eu não me sinta confortável em mostrar, expor. E isso trás a melhor parte de mim, porque eu me importo tanto com ele. E ele é uma pessoa tão boa. Me dói pensar em qualquer coisa machucando-o“. 

Leia também: Juntos há 4 anos, Justin Theroux revela a fórmula do sucesso da relação com Jennifer Aniston

 

 

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Juliana Mara

    Temos que ter opinião própria, não permitir nos deixarmos levar pela sociedade.

  2. Jane Oliveira

    O mundo não aguenta quando vê uma mulher que recusa o papel que nos é vendido como único caminho de realização e completude. Quando essa mulher é linda e bem sucedida então, é como uma verdadeira afronta. Querem porque querem colocar toda mulher sem filho no papel de coitada, mas cada vez mais mulheres sem filhos mostram como realmente são: bem resolvidas e felizes. Palmas para a Jeniffer Aniston, um exemplo perfeito de que não ter filho é uma escolha legítima e que ser feliz não depende de procriar.