Clique e Assine CLAUDIA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

The Woman in Me: Britney Spears anuncia novo livro de memórias

O novo livro de memórias da cantora chega em outubro deste ano às livrarias

Por Adriana Marruffo
11 jul 2023, 16h07

Após anos sob a tutela abusiva do seu pai e uma longa pausa na carreira musical, Britney Spears está de volta e pronta para contar a sua história. A cantora anunciou, nesta terça-feira (11), o lançamento de seu livro autobiográfico intitulado The Woman in Me, com publicação prevista para 24 de outubro deste ano.

A princesa do pop esteve sob o controle de seu pai durante 13 anos, sem ter acesso próprio a suas contas e bens, até ser libertada judicialmente em 2021 e finalmente ser permitida a contar a sua história. 

The Woman in Me

A obra revela “pela primeira vez sua incrível jornada e força no núcleo de uma das maiores artistas da história da música do pop”, conforme informou a Gallery Books em comunicado.

O livro deve ser lançado como um verdadeiro desabafo do período de cativeiro judicial que a cantora enfrentou, além de relatos sobre a batalha judicial que viveu com o seu pai: “O testemunho convincente de Britney em tribunal aberto abalou o mundo, mudou as leis e mostrou sua força e bravura inspiradoras”, disse em nota Jennifer Bergstrom, vice-presidente e editora da Gallery Books. 

A publicação vem após a batalha judicial e forte impacto dos seu fãs nas redes sociais, que levantaram a hashtag #FreeBritney ao terem sido divulgadas informações sobre o abuso que sofria de forma recorrente. “Não poderíamos estar mais orgulhosos de finalmente ajudá-la a compartilhar sua história.”, finalizou a diretora. 

Continua após a publicidade

The Woman in Me é “uma história corajosa e surpreendentemente comovente sobre liberdade, fama, maternidade, sobrevivência, fé e esperança”, continua o comunicado de imprensa.

A cantora também aproveitou a oportunidade para contar a novidade em suas redes sociais, publicando um vídeo que revela a data de lançamento do livro de memórias. 

Tutela de Britney Spears

A artista viveu um drama judicial com o seu pai de 2008 até novembro de 2021, quando a Justiça da Califórnia, nos Estados Unidos, através da juíza Branda Penny, que ordenou o fim da tutela judicial.

Continua após a publicidade

Seu pai, Jamie Spears, controlou o dinheiro e as propriedades de Britney durante 13 anos, acumulando uma fortuna que supera os 60 milhões de dólares (quase 300 milhões de reais). O acordo permite a Jamie, receber 16.000 dólares mensais (cerca de 80.000 reais) como salário, enquanto limita o gasto de sua filha a 2.000 dólares (10.000 reais).

Assim que o caso se tornou público, mobilizou o movimento e hashtag Free Britney, que protestaram em frente aos tribunais e comemoraram quando a cantora saiu da custódia de seu pai.

“Movimento #FreeBritney, não tenho palavras. Por causa de vocês e sua resiliência constante em me libertar da tutela, minha vida agora está na direção certa. Eu chorei ontem à noite por duas horas porque meus fãs são os melhores e eu sei disso. Eu sinto seus corações e vocês sentem o meu. Isso eu sei que é verdade”, agradeceu Britney Spears.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de 14,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.