Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Inadmissível! Repórter é assediada durante transmissão ao vivo

O caso aconteceu nos Estados Unidos enquanto a profissional cobria uma corrida.

Por Redação CLAUDIA - Atualizado em 17 fev 2020, 11h05 - Publicado em 9 dez 2019, 13h45

Uma situação inadmissível aconteceu no último sábado (7) na cidade de Savannah, na Geórgia (EUA). A repórter norte-americana Alex Bozarjian foi assediada por um atleta enquanto cobria uma tradicional corrida local chamada “The Enmarket Savannah Bridge Run”, conforme informa a NBC News.

No vídeo gravado, a profissional aparece animada conversando e brincando com os participantes da maratona, quando, de repente, um competidor dá um tapa no bumbum dela, deixando-a totalmente sem reação. A transmissão foi encerrada após um longo silêncio.

No Twitter, Alex desabafou sobre o ocorrido. “Ao homem que bateu na minha bunda ao vivo na TV hoje de manhã: você violou, objetificou e me constrangeu. Nenhuma mulher deveria passar por isso no trabalho ou em nenhum outro lugar. Melhore”, escreveu ela. 

Ela recebeu apoio dos seguidores e colegas de profissão, que mostraram indignação com o acontecido. “Você lidou com isso com graça, minha amiga. Isso não é aceitável”, disse uma repórter. “Se alguém estiver disposto a fazer isso na câmera ao vivo, deve estar disposto a lidar com as consequências. Sinto muito que isso tenha acontecido com você”, defendeu uma seguidora. 

Leia mais:Após escândalo sexual, Rainha cancela festa de 60 anos de príncipe Andrew

+ Atriz francesa acusa diretor de assédio sexual

Continua após a publicidade

PODCAST – Como consumir menos, de forma consciente e inteligente

Publicidade