Rainha Elizabeth lidera ranking por pagar mais às mulheres

Na luta contra a desigualdade salarial de gênero, a monarca aparece no topo da lista por salários maiores às funcionárias

rainha Elizabeth II, que acumula admiradores no mundo inteiro pelo carisma, estilo e personalidade, acaba de ganhar mais um motivo para tirarmos o chapéu. É também, uma ótima empregadora, que luta pela igualdade de direitos da mulher.

Um relatório que avalia salários de gênero de empresas revelou que as mulheres que trabalham para ela ganharam, no ano passado, 8,3% a mais que os funcionários homens.

No entanto, apesar da boa conduta da Rainha, o Palácio de Buckingham aparece como uma empresa que emprega mais homens do que mulheres nos cargos mais altos. Além disso, o relatório revela uma média de 78% de empresas que pagam mais aos funcionários do sexo masculino.