Clique e Assine CLAUDIA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Produtor de Hollywood é preso acusado de criar rede de prostituição internacional

Se condenado, ele pode ter pena de até 50 anos na prisão

Por Da Redação
Atualizado em 16 jul 2021, 14h20 - Publicado em 16 jul 2021, 14h19

O produtor Dillon Jordan, que trabalhou em filmes como A Professora do Jardim de Infância e Billy The Kid – O Fora da Lei, foi preso ontem (15) após ser acusado de lavagem de dinheiro e de criar uma rede internacional de prostituição. A fiança foi estabelecida em 150 mil dólares.

Segundo as autoridades norte-americanas, o produtor usava suas empresas de eventos e de produção de filmes para esconder as operações ilegais. Jordan teria começado o esquema de prostituição em 2010. Ele tinha uma rede de mulheres que oferecia para clientes em todos os Estados Unidos e também possuía um acordo no Reino Unido para trocar referências e pedidos específicos.

Se condenado, o produtor pode receber pena de 50 anos. Atores como Maggie Gyllenhaal, Ethan Hawke, Chris Pratt, entre outros que já estrelaram os filmes de Jordan ainda não se pronunciaram.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de 14,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.