CLIQUE E ASSINE A PARTIR R$ 6,90/MÊS

Após voltar para Mônaco, Princesa Charlene passa por tratamento médico

"Ela já havia tomado sua decisão e só queríamos que ela confirmasse na nossa frente", disse o príncipe Albert, seu marido, sobre o tratamento

Por Da Redação 19 nov 2021, 14h41

A princesa Charlene está recebendo tratamento médico em uma instalação “fora de Mônaco”, segundo a entrevista que seu marido, o príncipe Albert, concedeu à People. Após seis meses na África do Sul, separada de sua família, Charlene voltou a Mônaco na última semana e reencontrou sua família.

Albert afirma que a decisão de buscar atendimento médico pouco tempo depois do seu retorno foi tomada em conjunto pelo casal e com a ajuda dos irmãos da princesa. Na entrevista, o príncipe soberano de Mônaco disse que ela está sofrendo com profunda “exaustão, tanto emocional quanto física”.

Segundo o marido, a recuperação de Charlene exigirá cuidados clínicos com duração de várias semanas, no mínimo. “Provavelmente vou dizer isso várias vezes, mas não tem nada a ver com nosso relacionamento. Quero deixar isso bem claro. São não problemas dentro de nosso relacionamento; não com o relacionamento entre marido e mulher. É de uma natureza diferente”, respondeu Albert aos rumores sobre a suposta crise no casamento.

View this post on Instagram

A post shared by HSH Princess Charlene (@hshprincesscharlene)

Para ele, a situação da princesa é resultado “de vários fatores que são assuntos privados”. E acrescenta: “Ela estava claramente exausta, física e emocionalmente. Ela estava sobrecarregada e não podia enfrentar os deveres oficiais, a vida em geral ou mesmo a vida familiar”.

Em maio, Charlene ficou “de castigo”, como ela mesma define, por causa de uma infecção otorrinolaringológica, que exigiu diversas cirurgias corretivas durante o período que passou na África do Sul.

“Obviamente, houve consequências de suas diferentes cirurgias e dos procedimentos que ela passou nos últimos meses. Isso certamente foi um fator, mas neste ponto eu prefiro não comentar mais. Posso dizer que ela estava sofrendo de um cansaço incrível. Ela não dormia bem há vários dias e não comia nada bem. Ela perdeu muito peso, o que a deixou vulnerável a outras doenças potenciais. Um resfriado ou gripe ou Deus nos ajude, COVID”, explicou Albert.

Continua após a publicidade

A longa ausência de Charlene fez com que ela não comemorasse seu décimo aniversário de casamento, o que deu origem a inúmeros rumores sobre ruptura no relacionamento e especulações sobre seus problemas médicos. Os dois sempre negaram, mas as histórias voltaram à tona com a internação de Charlene.

View this post on Instagram

A post shared by HSH Princess Charlene (@hshprincesscharlene)

“Porque eu sei que há rumores por aí, deixe-me dizer: não é a COVID. E não está relacionado ao câncer. Não é uma questão de relacionamento pessoal. E se você quiser discutir outra especulação, não está relacionado à cirurgia plástica ou tratamento facial”, disse Albert.

A decisão final de onde a princesa seria tratada envolveu uma reunião “intervenção” com os membros da família. “Ela já havia tomado sua decisão, e nós só queríamos que ela confirmasse na nossa frente. Ela queria isso. Ela já sabia que o melhor a fazer era ir descansar e fazer um tratamento médico de verdade. E não em Mônaco. Por motivos de privacidade, teria que ser em algum lugar fora de Mônaco”, contou o príncipe.

Segundo ele, o processo correu “muito bem”, já que “ela era muito calma e muito compreensiva”. “Ela percebeu que precisava de ajuda. Você não pode forçar ninguém a entender que eles precisam de tratamento, eles têm que aceitar isso eles próprios”.

View this post on Instagram

A post shared by HSH Princess Charlene (@hshprincesscharlene)

Albert e a família também enfatizaram a importância do apoio neste momento difícil: “Ela já era a favor. Nós sabíamos disso. Só queríamos que fosse confirmado na nossa frente. Queríamos dizer a ela que a amamos muito e que estávamos lá para ela, e que o mais importante para ela é sua saúde Para que ela não se preocupe com mais nada. Que todos nós a amamos, que seus filhos a amam e que só queremos o melhor para ela”, afirmou o marido.

O príncipe de Mônaco finalizou pedindo privacidade e compreensão para que o tratamento da princesa seja realizado sem obstruções. “Charlene nunca pediu para ter esses problemas – mas eles estão lá, infelizmente, e precisamos de espaço e privacidade para resolvê-los. Então, imploro que todos entendam isso e, por favor, deixem minha família em paz nas próximas semanas“, pediu.

Continua após a publicidade

Publicidade