Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Conheça as primeiras mulheres negras a ganhar Oscar de maquiagem e cabelo

"Sei que um dia não será incomum ou inovador. Vai ser apenas normal”, disse Mia Neal, chefe de departamento da cabeleireiros de 'A Voz Suprema do Blue'

Por Da Redação Atualizado em 26 abr 2021, 12h57 - Publicado em 26 abr 2021, 13h00

A Voz Suprema do Blues, da Netflix, venceu a categoria Melhor Maquiagem e Penteado no Oscar. As responsáveis pelos cabelos e makes do filme são as hairstylists Mia Neal, Jamika Wilson e o profissional Sergio Lopez-Rivera. Elas se tornaram as primeiras mulheres negras a levar a estatueta nesta categoria.

O filme conta a história da Ma Rainey, uma das vozes expoentes do blues. A caracterização ficou impecável, principalmente pelas próteses dentárias de ouro, as perucas e a maquiagem densa. A composição da caracterização trouxe ao público a armadura que a artista adquiriu enquanto lutou por seu espaço em um país e época nada respeitoso às mulheres negras.

“Quero agradecer aos nossos ancestrais que colocaram o trabalho, [e] foram negados, mas nunca desistiram”, afirmou Neal, que foi chefe do departamento de cabeleireiro da produção.

“Eu também estou aqui, enquanto Jamika e eu quebramos esse teto de vidro com tanta empolgação para o futuro, porque posso imaginar mulheres trans negras de pé aqui. E irmãs asiáticas. E nossas irmãs latinas. E mulheres indígenas. E eu sei que um dia não será incomum ou inovador. Vai ser apenas normal”, afirmou no palco da premiação.

View this post on Instagram

A post shared by Mia Neal (@brklynin)

Continua após a publicidade

A nomeação é a validação de que o estilo de cabelo é uma forma de arte, um ofício e uma habilidade. Também mostra todas as mulheres ou homens negros que fazem o cabelo que podemos alcançar e, o que é mais importante, que nosso talento e habilidade são iguais e excepcionais

Jamika Wilson

Para Variety, Jamika, que é hairstylist pessoa da protagonista Viola Davis, contou sobre o trabalho único. “Eu sinto que tenho que me beliscar. Estou completamente honrado em ser indicado para este prêmio porque estou fazendo algo que amo. Eu nunca me imaginei estando aqui. Eu simplesmente não consigo explicar o sentimento. Estou fazendo algo que amo e agora fui indicado ao Oscar. ”

View this post on Instagram

A post shared by Jamika Wilson (@jamikawilson)

Wilson ainda falou da importância que a indicação representa não só para ela, mas para todos os profissionais. “O reconhecimento de minha arte e talento pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas é maior do que eu. É para todo jovem cabeleireiro que sonha além da cadeira de salão trabalhar em um set de cinema. É para a criança que diz a seus pais que querem ser cabeleireiros que recebe a resposta ‘Essa não é uma carreira de verdade'”, considerou a hairstylist.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade