Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

“Nossa caminhada tinha tudo pra ser longa”, diz Thales Bretas sobre a morte de Paulo

Juntos há sete anos, Thales e Paulo se casaram em dezembro de 2015 no Rio de Janeiro

Por Da Redação Atualizado em 5 Maio 2021, 12h44 - Publicado em 5 Maio 2021, 11h20

O dermatologista Thales Bretas usou as redes sociais para se despedir do marido Paulo Gustavo, que morreu nesta terça-feira (4) em decorrência da Covid-19.

“Ainda é muito difícil processar tudo o que aconteceu nos últimos dias…Nossa caminhada tinha tudo pra ser longa! Linda como vinha sendo… tão feliz! E foi muito! Como fui feliz nesses últimos 7 anos que tive o privilégio de conviver com você! Como eu aprendi, cresci! Espero poder passar um pouco do seu legado de generosidade, afeto, alegria e amor”, escreveu o marido do ator no Instagram.

O médico definiu o marido como um furacão. “Uma estrela que brilhou muito aqui na Terra, e vai brilhar ainda mais no céu, olhando pela nossa família sempre!!! Eu te amo tanto… e sempre te amarei, pro resto da minha vida! Não consigo escrever um centésimo do quanto você foi e é importante pra mim e pro mundo. E continuará sendo, eternamente”, disse Thales.

Os dois se casaram no dia 20 de dezembro de 2015 no Rio de Janeiro e se tornaram pais do Gael e Flora por meio de barriga de aluguel em outubro de 2017. Os gêmeos acabaram falecendo em dezembro após um parto prematuro.

View this post on Instagram

A post shared by Thales Bretas (@thalesbretas)

Continua após a publicidade

“Gente, gostaria de dividir com vocês um momento superdifícil! Na semana passada, a mamãe de aluguel entrou em trabalho de parto no meio da gestação, quando os bebês ainda não eram viáveis! Infelizmente não será dessa vez!”, contaram ao público na época.

O sonho da paternidade não parou nesse momento. Thales e Paulo acompanharam uma dupla gestação, também por barriga de aluguel, na Califórnia. Romeu foi o primeiro a chegar, inclusive no momento em que Paulo se preparava para subir ao palco com a mãe, Déa Lúcia, na peça Filho da Mãe. O bebê ficou internado por conta do nascimento prematuro, mas se recuperou com os cuidados dos profissionais e dos pais.

View this post on Instagram

A post shared by paulogustavo31 (@paulogustavo31)

Continua após a publicidade

Já Gael nasceu três dias depois do irmão. “Queremos viver e aproveitar ao máximo cada momento, cada passo, cada conquista de nossos filhos e nossa, enquanto casal e família”, escreveram sobre os filhos na época.

Em entrevista ao canal da Sabrina Sato no YouTube, Paulo contou sobre a concepção dos bebês. “Geneticamente, Romeu é do Thales e Gael é meu (…) O que tem a covinha é o Gael, que é o meu gene. Ele tem um fogo como eu tenho. E Romeu é igual ao Thales: carinhoso, romântico, chora, fica querendo abraçar o irmão… E Gael sai correndo”, explicou.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade