O axé faz 30 anos: Relembre grandes nomes desse ritmo brasileiríssimo!

O Altas Horas faz uma grande festa para comemorar o aniversariante que completa 30 anos. Daniela Mercury, Ivete Sangalo e Claudia Leitte, entre outros, comandam a festa. Relembre a história da música que sacudiu o país, revelou grandes estrelas e continua tirando a galera do chão

Grandes ícones da música baiana vão invadir o palco dos Altas Horas, no sábado de Aleluia (3). Há 30 anos nasceu o Axé Music e a produção de Serginho Groisman preparou uma grande festa para celebrar. Nomes de peso como Ivete Sangalo, Daniela Mercury, Claudia Leitte e Margareth Menezes dividem o palco pela primeira vez. Os furacões baianos vao dividir os vocais em duas músicas: Baianidade Nagô e Prefixo de Verão.

Bel Marques, Durval Lellys e Mari Antunes também cairam na folia. Para fechar o programa com chave de ouro, Daniela Mercury relembrou um de seus maiores hits, O Canto da Cidade. Assim não dá pra ficar parado, não é mesmo?

TV Globo/Divulgação TV Globo/Divulgação

TV Globo/Divulgação (/)

TV Globo/Divulgação TV Globo/Divulgação

TV Globo/Divulgação (/)

TV Globo/Divulgação TV Globo/Divulgação

TV Globo/Divulgação (/)

A história do Axé

Durante o Carnaval baiano de 1985, uma novidade se alastrou e contagiou o Brasil inteiro. “Pega ela aí, pega ela aí…”, dizia o refrão de Fricote, hit de Luiz Caldas. Nascia aí o axé music, mistura de reggae com samba, frevo e outros sons do Nordeste.

O novo ritmo veio na esteira do sucesso dos trios elétricos criados por Dodô e Osmar nos anos 60 e consolidados com os Novos Baianos e Olodum na folia de Salvador.

Já em 1982, muitos blocos lançaram suas próprias bandas. A Eva, por exemplo, trouxe Luiz Caldas, Daniela Mercury, Ricardo Chaves e Durval Lelys como vocalistas. Ivete Sangalo assumiu o posto em 1993 e se tornou a grande musa do axé abrindo caminho para Claudia Leitte e outras divas. Desde então, o Carnaval, a Bahia e o Brasil nunca foram os mesmos! 

* Com a colaboração de Luiz Henrique Baptista

Veja toda a trajetória do Axé!