Mulheres serão as mais afetadas por desastres naturais, diz escritora

Margaret Atwood é autora do best-seller "O Conto da Aia"

As mulheres serão as mais prejudicadas pelos efeitos dos desastres naturais. Essa é a opinião da autora do best-seller O Conto da Aia Margaret Atwood.

Em evento em Londres na última sexta-feira (1º), Margaret explicou seu ponto de vista. “Esses tipos de eventos dão origem a instabilidade civil, guerras, luta por recursos, batalhas por água.” Consequentemente, algumas mulheres e meninas são forçadas a vender seus corpos para sobreviver, enquanto outras correm o risco de serem estupradas em tempos de catástrofes.

“Se não há nenhuma proteção civil e você não tem nenhum dinheiro, qual é a única coisa que é comercializada, sempre? Em condições de guerra, o estupro é utilizado como tática militar”,lembrou Margaret.

Em seu livro, Margaret narra um futuro distópico em que um regime totalitário obriga mulheres férteis a servirem sexualmente o governo para repopular um mundo que enfrenta um desastre ambiental.

A obra ganhou uma versão audiovisual homônima na plataforma de streaming Hulu e é protagonizada pela atriz Elizabeth Moss. Atualmente a série encontra-se na sua segunda temporada.

Leia mais: Como são as atrizes de The Handmaid’s Tale na vida real?