Clique e assine com até 75% de desconto

Morre Jorge Fernando, diretor da Rede Globo

O diretor tinha 64 anos e faleceu neste domingo (27) no Rio de Janeiro

Por Da Redação Atualizado em 17 fev 2020, 12h12 - Publicado em 28 out 2019, 00h38

Jorge Fernando, ator e diretor, morreu neste domingo (27), por volta das 20h, no Rio de Janeiro, aos 64 anos. Ele deu entrada no Hospital Copa Star, em Copacabana, por conta de uma parada cardíaca “em decorrência de uma dissecção de aorta completa”, segundo nota divulgada pelo hospital. Desde janeiro de 2017, quando sofreu um acidente vascular cerebral, o diretor lutava para superar as sequelas.

Não perca o que está bombando nas redes sociais

Ao longo de sua carreira, Jorge Fernando foi responsável pela direção de novelas como Alma Gêmea, TI-TI-TI, Chocolate com Pimenta e Caras e Bocas, da Globo. Seu último trabalho na TV foi a direção Verão 90, novela que marcou seu retorno profissional após dois anos afastado por conta do AVC.

Querido pelos artistas e pelo público, nas redes sociais, as homenagens e mensagens lamentando a morte do diretor são diversas. A apresentador Xuxa Meneghel, que já foi dirigida pelo profissional, fez uma homenagem ao amigo em seu perfil no Instagram.

View this post on Instagram

Continua após a publicidade

Meu Jorginho… meu diretor .. virou anjo… sdds eternas , bgda por vc ter me respeitado tanto e ter ensinado tanto pra minha Catu ( Ana Paula) vc vai deixar muitas sdds nessa vida, sua alegria era ÚNICA

A post shared by Xuxa Meneghel (@xuxamenegheloficial) on

A escritora Glória Perez lamentou: “Mais um amigo querido indo embora tão cedo! você vai fazer tanta falta, Jorginho, com sua alegria, seu entusiasmo, seu talento… Sem palavras aqui!”. Já o ator Marcelo Adnet escreveu: “Que pena a partida precoce do grande Jorge Fernando. Boom! Lembrarei dele pela simpatia e sua grande energia sempre! Muito carinho e força à Dona Hilda Rabello”, escreveu.

Leia também: Entenda por que Silvio Santos não participou do Teleton

+Nasce filha de Fernanda Lima e Rodrigo Hilbert. Veja a primeira foto

Continua após a publicidade
Publicidade