Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

Meghan Markle corta laços com melhor amiga após episódio de racismo

Jessica Mulroney foi acusada de ameaçar uma blogueira negra que havia cobrado posicionamento sobre a desigualdade racial

Por Da Redação - Atualizado em 18 jun 2020, 17h46 - Publicado em 18 jun 2020, 17h59

Um episódio de racismo e privilégio branco parece ter sido a gota d’água para o fim da amizade entre Meghan Markle e Jessica Mulroney, madrinha de Archie. Segundo uma fonte informou ao site Page Six, o caso deu a Markle o pretexto que ela estava esperando para se cortar relações de vez com a estilista. A amizade entre as duas já estava abalada há algum tempo, pois Jessica estaria usando a fama de Meghan para se promover.

Jessica foi acusada de ameaçar a blogueira canadense Sasha Exter, após se ofender com o pedido dela para que influenciadores brancos do Instagram se manifestassem em apoio ao movimento Black Live Matters. A estilista teria levado o pedido para o lado pessoal e enviado mensagens para Sasha, dizendo que iria processá-la e difamar sua imagem para marcas com as quais a blogueira trabalha.

Em um vídeo postado em seu perfil, Sasha revelou ter se sentido paralisada de medo ao receber as ameaças de Jessica. E que havia ficado perplexa com o silêncio da estilista sobre a questão do preconceito racial, uma vez que ela sempre se manifesta sobre diversas causas, além de ser “melhor amiga de uma das mulheres negras mais famosas do mundo”, disse referindo-se a Meghan. “Escutem, eu de forma alguma estou chamando Jess de racista, mas o que eu vou dizer é: ela é bem consciente de sua riqueza, de seu poder e do privilégio que possui por causa da cor de sua pele. E isso, meus amigos, deu a ela a confiança momentânea para atacar meu sustento.”

View this post on Instagram

I’ve been silent. Not anymore!⁣ ⁣ I’m used to being so transparent on this platform. I think it’s the main reason why most of you follow me. Today, I’m opening up about something that has been haunting me for the last week. I have felt like a complete fraud fighting for racial equality and using my voice openly here, while letting a white woman silence mine behind closed doors. In sharing this very personal story, I know that I am risking a lot. Opening myself up to criticism, bullying and potential ramifications with my job in this space. However, I must speak my truth. Enough is enough. Hopefully my voice will be heard by many and help change things for the next generation and for my daughter Maxwell… because I will be dammed if my child ever has to deal with this level of ignorance.

Continua após a publicidade

A post shared by SoSasha (@sashaexeter) on

Também no Instagram, Jessica postou um pedido de desculpas, alegando que “não pretendia de forma alguma pôr em risco” o trabalho de Sasha e prometendo refletir, aprender e ouvir. “Quero que vocês saibam que estou comprometida em usar todas as plataformas e recursos disponíveis para continuar o importante trabalho da causa anti-racista”, escreveu. A polêmica rendeu, ainda, a demissão da estilista de dois programas de TV dos quais participava e seu afastamento do Conselho de Administração da fundação de caridade que ela havia fundado com suas cunhadas.

View this post on Instagram

Please read my statement. It is from my heart.

A post shared by Jess Mulroney (@jessicamulroney) on

O que você precisa saber sobre gravidez em tempos de pandemia

Continua após a publicidade
Publicidade