Jennifer Aniston: “Talvez o meu propósito neste mundo não seja procriar”

A atriz afirma não estar de coração partido após o divórcio com Justin Theroux e critica mais uma vez as manchetes machistas sobre a sua vida pessoal

A atriz Jennifer Aniston, 49 anos, falou mais uma vez sobre a pressão constante que sofre em relação à sua vida pessoal em entrevista à InStyle. “Os equívocos são ‘Jen não pode segurar um homem’, e ‘Jen se recusa a ter um bebê porque é egoísta e comprometida com sua carreira’. Ou que estou triste e com o coração partido. Primeiro, com todo o respeito, não estou de coração partido, desabafou. 

A atriz se divorciou de Justin Theroux em fevereiro deste anos, após mais de dois anos de união. Durante todo o tempo em que estiveram juntos, eram comuns os boatos de que ela estaria grávida. Em julho de 2016, ela chegou a escrever uma carta aberta em que afirmava que as mulheres não precisam ser casadas ou mães para serem felizes

“Eles não sabem o que eu tenho passado fisicamente ou emocionalmente. Há uma pressão sobre as mulheres para serem mães e, se não forem, são consideradas um desperdício. Talvez meu propósito neste planeta não seja procriar. Talvez eu tenha outras coisas que devo fazer?”, disse à revista norte-americana. 

“Eu definitivamente ganhei o troféu de sexismo na mídia”, criticou a atriz. “Quando um casal termina em Hollywood, é a mulher que é desprezada. A mulher fica triste e sozinha. Ela é o fracasso. Dane-se isso. Quando foi a última vez que você leu sobre um homem divorciado e sem filhos, e ser chamado de solteirão pejorativamente?”, critica.

Quando questionada sobre sofrer assédio no local de trabalho, Aniston revelou que já passou por isso. “Eu definitivamente tive alguns movimentos suspeitos feitos por outros atores, e lidei com isso indo embora. Eu nunca deixei ninguém estar em uma posição de poder me fazer sentir desconfortável e se aproveitar disso, concluiu.

Leia também: Thomas Markle, pai de Meghan, critica filha e Lady Di em entrevista

Bruna Marquezine comemora aniversário no Rio e ganha surpresa de Neymar

VOTE no Prêmio CLAUDIA e escolha mulheres que se destacaram