Clique e assine com até 75% de desconto

Descubra os segredos do guarda-roupas da Rainha

Angela Kelly, assistente da monarca por anos, relatou algumas das histórias que viveu no palácio em seu novo livro

Por Da Redação Atualizado em 17 fev 2020, 12h02 - Publicado em 1 nov 2019, 16h28

Angela Kelly, auxiliar e estilista da Rainha Elizabeth II, lançou um livro em que conta algumas histórias dos anos que passou ao lado da rainha, além de curiosidades e segredos sobre a vida no palácio e o guarda-roupa da Monarca. O livro The Other Side of the Coin: The Queen, The Dresser and the wardrobe (O outro lado da moeda: A Rainha, a costureira e o guarda-roupas, em tradução livre) recebeu autorização da monarquia para sua publicação.

Angela Kelly Max Mumby/Indigo/Getty Images

Depois de tantos anos trabalhando juntas, Angela e a rainha tornaram-se grandes amigas. Entre as curiosidades contadas no livro está a de que a monarca precisa de ajuda para amaciar seus sapatos. Como ela e a assistente calçam o mesmo número, Angela, que começou a vestir a rainha em 2002, costumava fazer isso. “A rainha tem muito pouco tempo para si mesma e não resta nada para calçar seus próprios sapatos. Como temos pés do mesmo tamanho, faz bastante sentido que eu faça isso”, disse.

Anualmente, a rainha Elizabeth II faz uma aparição na corrida de cavalos Royal Ascot. O evento é muito esperado não só pela corrida em si, mas também pelas apostas sobre a cor do chapéu da monarca. Quando essa informação foi descoberta, Angela fez um acordo com o chefe de uma casa de apostas sobre o horário de encerramento dos palpites e usa até peças falsas para despistar os curiosos. Mesmo dentro do palácio, o suspense é mantido e as roupas e chapéus ficam em embalagens fechadas, que só são abertas em uma sala em que entram apenas pessoas autorizadas. O esquema se tornou ainda mais sigiloso depois de um ano em que a informação vazou por um funcionário do local.

A rainha na Royal Ascot de 2019 Charlie Crowhurst/Getty Images

Todas as roupas são pré-selecionadas por Angela e sua equipe, mas a decisão final é somente da rainha. Ela gosta de usar cores fortes para poder se destacar na multidão e amarelo é uma de suas favoritas, apesar do filho, Príncipe Charles, não gostar da cor.

Nos batismos reais, todos os bebês usam a mesma roupa, que é uma réplica da primeira versão do traje. Foi Kelly quem ajudou a recriar a roupa batismal usando chá preto para escurecer um pouco o tom branco. “Para garantir que parecesse autêntico, nós o mergulhamos em um chá Yorkshire (o mais forte que conhecemos). Eu olhava a peça de cinco em cinco minutos para checar se já estava com a cor perfeita”, escreveu.

Continua após a publicidade
Pinterest/Reprodução

Na obra, Angela Kelly também rebate reportagens que disseram que a rainha quebrou o protocolo real ao abraçar Michelle Obama.“Na realidade, foi um instinto natural da rainha para demonstrar afeto e respeito por outra grande mulher, e não existe qualquer protocolo real que trate disso”, afirmou.

Pinterest/Reprodução

Outra curiosidade é que a Rainha não hesitou em aceitar o convite para participar da abertura das Olimpíadas de Londres em 2012 ao lado de Daniel Craig, intérprete de James Bond. A única exigência da monarca, segundo Angela, foi que ela pudesse usar a frase icônica “Boa noite, sr. Bond”, referindo-se ao personagem e tirar uma foto com o ator.

Por seu trabalho e amizade com a rainha, Angela ganha alguns privilégios a mais que outros empregados do trabalho. A estilista tem uma Land Rover própria, por exemplo. A relação parece também despertar incômodo em alguns dos outros funcionários, causando algumas brigas e desentendimentos. Em 2009, sua parceira e designer Alison Pordum deixou o emprego porque estava “cansada de ser segunda opção”.

Leia mais: Gwen Stefani e Blake Shelton devem se casar ainda este ano

+ 4 poesias atemporais de Carlos Drummond de Andrade

PODCAST – Por que não sinto vontade de transar?

Continua após a publicidade
Publicidade