Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Daniel Radcliffe teria doença psicomotora que afetaria a memória e os movimentos

Essa seria uma das revelações presentes em uma biografia não autorizada do astro

Por Redação M de Mulher - Atualizado em 15 jan 2020, 04h25 - Publicado em 4 jun 2014, 21h00

O astro teria alguns segredos revelados em nova biografia
Foto: GettyImages

Atuando como o icônico Harry Potter, Daniel Radcliffe conquistou o mundo com os oito filmes da franquia. Mesmo vivendo uma fase positiva no amor e na carreira, o namorado de Erin Darke teria sérios problemas neurológicos, de acordo com o site RadarOnline.

Segundo informações do veículo, o jornalista Randy Jernigan estaria escrevendo uma biografia não autorizada sobre a vida do intérprete do bruxinho, A Vida e Carreira de Daniel Radcliffe, com lançamento previsto para julho nos Estados Unidos e na Europa. Depois de ter entrevistado cerca de vinte pessoas muito próximas ao astro, o autor contaria no livro que Daniel possui um distúrbio psicomotor, capaz de afetar a memória e os movimentos. E teria sido exatamente este o motivo que teria levado o ator a buscar uma fuga no alcoolismo.

Por conta da doença, as gravações de Harry Potter e a Pedra Filosofal, em 2001, teriam sido interrompidas diversas vezes. “Ele viveu episódios em que não conseguia fazer nada, nem amarrar o cadarço do sapato”, teria contado Randy à publicação.

Não se vendo como um garoto comum, ele teria se aproximado das bebidas alcoólicas ainda muito jovem. “Daniel começou a tomar alguns drinques na casa dos pais. E, quando foi morar sozinho, aos 17, tornou-se totalmente dependente do álcool. Ele tentava esconder seus problemas com a bebida”. E, com apenas 18 anos, o ator já “preferia ir para a cama com uma garrafa a sair com os amigos. Ele se deu conta de que estava se tornando um alcoólatra”, teria garantido o jornalista.

Lutando contra o alcoolismo, Daniel também estaria vivendo um quadro de depressão, ocasionado por conta dos exaustivos ensaios da peça teatral The Cripple of Inishmaaan, além da morte do amigo e colega de cena, Richard Griffiths, em 2013. “Daniel o considerava seu melhor amigo. Ele chorou publicamente no funeral. Estava muito perturbado pela morte de Richard. Isso realmente o fez retroceder”, teria explicado o autor.

Atualmente, Daniel estaria se recuperando da dependência e lutando contra a depressão. “Ele tem uma paixão por leitura. Lê um livro atrás do outro. Não costuma sair muito porque ele sabe que isso o leva a lugares que ele não deve ir”, explicaria a biografia.

Continua após a publicidade
Publicidade