Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Daniel aguarda a chegada de sua filha

Em entrevista exclusiva, o cantor se derrete ao falar da pequena Lara, que deve nascer no final de novembro

Por Redação M de Mulher Atualizado em 21 jan 2020, 06h09 - Publicado em 21 set 2009, 21h00
Daniel aguarda a chegada de sua filha

O cantor curte a barriga de sua 
amada Aline, grávida de sete meses
Foto: Fábio Tiéri

De bem com seu destino, ele sempre foi. Mas agora, aos 41 anos, o cantor – e ator, né? – Daniel é a mais pura expressão da realização pessoal! O motivo maior de tal alegria já tem nome: é Lara, seu mais novo e imenso amor.

Ela é a primeira filha do ídolo, que nascerá até o início de dezembro trazendo mil mudanças aos dias do artista. Até lá, o papai de primeira viagem vai curtindo a doce espera, cantando baixinho enquanto acaricia o barrigão da sua amada, a ex-dançarina Aline de Pádua, com quem está há cinco anos.

Depois da chegada da princesinha Lara, Daniel e sua escolhida vão se casar. Se vai ter festa? Ele ainda não decidiu. “Mas isso não tem nenhuma importância, o que vale é o que estamos vivendo”, diz o artista, todo feliz. De qualquer maneira, motivos para comemorar não faltam.

Em março, Daniel aceitou o desafio de fazer o peão Zé Camilo na novela global “Paraíso”. E agora que a trama está na reta final, ele faz um balanço positivo da experiência. Nesta entrevista exclusiva, Daniel explica a renovação que toma conta dele agora, relembra o saudoso parceiro João Paulo, morto em 1997, fala da emoção de ser pai, da infância no interior de São Paulo, de TV e muito mais… Acompanhe!

Continua após a publicidade

Você será pai pela primeira vez. Como é essa emoção?
Ser pai é a realização de um grande sonho. Estou bobo, tonto de alegria. A coisa mais emocionante é colocar a mão na barriga da Aline, cantar baixinho para minha filha e ver como ela se mexe. Parece até que está respondendo. Ela vai se chamar Lara. Vem para completar nossa felicidade.

Alguma coisa mudou ou vai mudar na sua rotina?
Tudo está mudando radicalmente com a vinda da minha filha. Agora eu canto mais feliz por causa da Lara! Sinto uma realização enorme. Planejo ficar mais em casa, estar sempre com ela e vê-la se desenvolver e crescer.

Hoje, qual seu maior sonho com relação a essa tão desejada herdeira?
Ah, quero que ela tenha uma infância maravilhosa em contato com a terra e as belezas naturais… Que seja uma época feliz como a que eu tive descendo de bóia nas águas do rio Jacaré Pepira Mirim (em Brotas, onde o músico nasceu e se criou). E que siga os valores mais puros.

Você pretende se casar?
Vou me casar logo depois que a Lara nascer. De certa maneira, eu e Aline já moramos juntos. Em Brotas, ficamos com meus pais, e em São Paulo no nosso apartamento. Quando viajo, ela vai para a casa da família dela.

Seus pais estão felizes com a nova netinha?
Por timidez, na nossa família não costumávamos nos abraçar ou beijar com frequência. Lara mudou também isso. Agora meus pais me beijam e abraçam toda hora quando estou perto deles, que já têm dois netos, filhos do meu irmão José Amauri. Mas estão abobados como eu.

Quem foi a primeira pessoa a saber que você seria pai?
Eu e a Aline contamos primeiro para meu outro irmão José Gilmar. Ele é uma pessoa especial, uma luz nos nossos caminhos (Gilmar tem 47 anos, e sofreu paralisia cerebral em virtude de um parto complicado). Ele ficou muito feliz, apontava para a barriga da Aline e dizia: “muié, muié…”. Adivinhou que seria uma menina!

Continua após a publicidade
Publicidade