Christine Fernandes sobre ter 50 anos: “É bobo supervalorizar a juventude”

Em entrevista, atriz falou sobre sua personagem na comédia 'O Galã' e sobre a relação com seu corpo

São mais de 20 anos de carreira e um currículo extenso na dramaturgia. A atriz Christine Fernandes é dona de um dos rostos que já estamos habituados a ver na TV e também na telona. Prestes a completar 51 anos, ela é uma das protagonistas da comédia ‘O Galã, que estreou no último dia 7. No longa, ela vive a personagem de Raquel, uma mulher independente e empoderada.

Leia mais: Por que Marina é massacrada enquanto Loreto é pouco lembrado?
+ Filha do cantor Leandro faz sucesso nas redes sociais

Em um bate-papo com CLAUDIA, a artista, que começou sua carreira como modelo, deu detalhes sobre seu trabalho no cinema e também contou como lida com sua própria imagem – sua boa forma ao 50 anos costuma deixar muita gente surpresa.

Você poderia contar um pouquinho sobre sua personagem em O Galã? Quais foram os desafios do papel?

Raquel é uma mulher independente. Uma psiquiatra devotada aos seus pacientes. Apesar de ter um trabalho que a consome, sabe administrar seu tempo. Garantindo tempo para sua vida social e atividade física, por exemplo. Talvez o fato de não ter tido filhos facilite essa matemática. Ela escolheu a vida que leva. Isso já me interessa muito. Mulheres que desenham sua história. São protagonistas delas e não apenas coadjuvantes que reagem ao que acontece. Gosto de mulheres assim.

Thiago Fragoso e Christiane Fernandes em cena de O Galã

Thiago Fragoso e Christiane Fernandes em cena de O Galã (Renata Falzoni/Divulgação)

O que o público pode esperar do filme?

Ser embarcado para um lugar de diversão! No meio de uma crise familiar que envolve dois irmãos que não se dão, vai acontecer o resgate do afeto. Entre situações muito inusitadas e engraçadas. E tem o pano de fundo dos bastidores da escolha de um galã de novela, o que traz um charme a mais para trama.

A personagem parece ser uma mulher forte e independente. Você acha que as mulheres vão se identificar com ela? E você, se vê nela de alguma forma?

Gosto de pensar em mim como agente da minha vida, das minhas escolhas. Sou responsável e não me identifico no papel de reagente ao que me acontece. Muito embora muitas vezes ao longo da vida sejamos todos pegos de surpresa pelas coisas que nos acontecem e que não esperamos. Mas tento manter as rédeas da minha vida. Correndo atrás dos meus desejos, tentando realizar meus sonhos, e agindo de acordo com meus princípios e objetivos. Ter princípios é fundamental, pois te baliza, te dá os limites que não podem ser quebrados. E ter sonhos te leva adiante. Te faz pensar, planejar. Minha cabeça está sempre em movimento. Mesmo que seja apenas lendo um bom livro.

 (Fernando Torquato/Divulgação)

Qual sua relação com seu corpo? Você se enxerga como uma mulher de 50 anos?

Me sinto muito bem com meu corpo. E especialmente com minha cabeça, meus pensamentos. Penso em saúde. É isso que me pauta e sempre me pautou. Quero ser saudável pelo maior tempo possível, pois a vida, como qualquer coisa viva, se degrada mesmo, mas eu pretendo manter “minha casa” sempre em manutenção, para que possa sofrer o mínimo de danos causados pelo tempo. Essa é minha ideia. Se a beleza estiver presente, ótimo, se não, que a saúde nunca me falte. Esse é meu desejo. Nunca quis ter mais ou menos idade. Nem antes nem agora. Quero ser quem eu sou. Isso facilita demais a vida.

5) Você sente que existe uma cobrança para que as mulheres aparentem sempre serem jovens e não envelheçam?

Acho meio boba essa tendência a supervalorizar a juventude, a magreza, ou seja lá o que for. Acho tolo, pois todos passaremos, se vivermos o suficiente, por todas as fases da vida. Lutar contra isso é uma burrice. É tão mais saudável fazer do tempo seu aliado do que seu inimigo. Eu vejo beleza em todas as fases da vida de uma mulher. E torço muito para que as jovens de hoje não se deixem escravizar por nada, nem ninguém. Principalmente por algo tão passageiro como a juventude. Se você for inteligente, a juventude passará, mas a criança nunca sairá de dentro de você.

‘O Galã’ já está em cartaz e ainda traz no elenco Thiago Fragoso, Fiuk, Luiz Henrique Nogueira e Christiana Ubach. O filme acompanhaa história de Júlio (Thiago Fragoso), um ator desempregado que faz de tudo para estar na novela escrita por seu meio irmão, Beto (Luiz Henrique Nogueira). No entanto, os dois não se dão muito bem e Raul, personagem de Fiuk, é o favorito para estrelar o folhetim. Confira o trailer: