Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Atriz de Riverdale revelou o motivo por desistir de fazer dietas

Camila Mendes questiona: "Quando ser magra se tornou mais importante que ser saudável?"

Por isabelavilla Atualizado em 17 jan 2020, 08h29 - Publicado em 20 fev 2018, 17h03

Camila Mendes ficou famosa por interpretar Veronica Lodge na série de TV “Riverdale“. E assim como a personagem dela, a atriz demonstra ser mesmo uma mulher forte e dona de si. Recentemente, por exemplo, ela decidiu nunca mais fazer dietas pensando em emagrecer e que, a partir desse momento, irá aproveitar tudo o que ela deixou no passado para viver tentando ser magra.

A partir da TAG #donewithdieting (cansei de fazer dietas, em tradução livre), na qual garotas contam suas experiências horríveis com dietas para provar a todos que o mais importante é se cuidar e não se preocupar com quantas calorias você tem que consumir, ela compartilhou a própria.

“Em algum momento da minha vida eu permiti minha obsessão em ser magra tomar conta de mim”, a atriz de “Riverdale” explica sobre o vício em dietas.

View this post on Instagram

When did being thin become more important than being healthy? I recently went to a naturopath for the first time in my life. I told her about my anxiety around food and my obsession with dieting. She phrased a pivotal question in such a way that struck a chord with me: what other things could you be thinking about if you didn't spend all your time thinking about your diet? I suddenly remembered all the activities I love that used to occupy my time. At some point in my life, I allowed my obsession with being thin to consume me, and I refused to make room in my mind for any other concerns. Somehow I had stripped myself of all the pastimes that brought me joy, and all that was left of me was my anxiety around food. My passion for education, cinema, music, etc. — all the interests that used to occupy my mind — had been eaten away by my desire to be thin, and it made me miserable. I'm done believing in the idea that there's a thinner, happier version of me on the other side of all the tireless effort. Your body type is subject to genetics, and while eating nutrient-dense foods and exercising regularly will make you healthier, it will not necessarily make you thinner, and the current system fails to make that distinction. I’m sick of the toxic narrative that the media consistently feeds us: that being thin is the ideal body type. A healthy body is the ideal body type, and that will look different for every person. I’m #donewithdieting – join me in this movement and share your story!

A post shared by camila mendes (@camimendes) on

“Quando ser magra se tornou mais importante que ser saudável? Eu recentemente passei em uma naturopata (pessoa que utiliza de medicina alternativa para curar doenças) pela primeira vez na minha vida. Eu contei para ela sobre minha ansiedade quando se trata de comida e minha obsessão em fazer dietas. Ela me falou algo tão fundamental de uma forma tão forte que acabou me fazendo pensar: que outras coisas você poderia estar pensando se não estivesse tão preocupada em fazer uma dieta? E do nada me lembrei de todas as atividades que eu amava e ocupavam meu cotidiano. Em algum momento da minha vida eu permiti minha obsessão em ser magra tomar conta de mim, e me recusava me importar com outras coisas. De alguma forma eu me privei de tudo que me trazia alegria no passado, e tudo que restou foi minha ansiedade sobre comida. Meu amor por educação, cinema, comida e etc. – todos os interesses que ocupavam minha mente – foram engolidos pelo meu desejo de ser magra, e isso me fez miserável. Eu cansei de acreditar que tem uma versão de mim mais magra e mais feliz depois de todo o esforço desnecessário. O seu corpo é culpa da genética, e enquanto comer comidas com mais nutrientes e se exercitar regularmente te farão mais saudável, não vai te fazer necessariamente mais magra, e o sistema atual falha em mostrar isso. Estou cansada dessa narrativa tóxica que a mídia nos passa: magra é o melhor tipo de corpo que há. Um corpo saudável é o melhor tipo de corpo, e isso vai ser diferente em cada pessoa. Eu #canseidefazerdieta – se junte a mim nesse movimento e compartilhe a sua história!”

Camila é uma das várias meninas a revelar como as dietas acabam tomando conta de suas mentes e corpos. Ela mostra o quando é importante falar sobre distúrbios alimentares que causam problemas tanto do físico quanto do psicológico.

Continua após a publicidade
Publicidade