CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

Jolie acusa Brad Pitt de prejudicar disputa pela guarda dos filhos

Para a defesa da artista, o ator usou a fama para se sair bem no processo de custódia

Por Da Redação 22 set 2021, 13h50

Angelina Jolie acusou Brad Pitt de tentar usar fama para se beneficiar na longa disputa pela guarda dos filhos. Segundo o site Page Sixos advogados de Brad fizeram uma proposta para reverter a decisão de demitir o juiz que supervisionava o caso.

Segundo a equipe jurídica da atriz foi contra a ação, “este tipo de jogo, um esforço de última hora por uma celebridade litigante em busca de tratamento especial, não é o objetivo dos recursos limitados de revisão deste Tribunal.”

“Não há nada para ver ou revisar aqui. Não há nenhum problema em atender aos padrões rigorosos deste Tribunal para, ou digno de, revisão”, explicaram os advogados de Angelina.

Em junho deste ano, Brad Pitt recebeu a guarda conjunta de seus filhos, decisão que desagradou a ex-esposa, que jurou lutar pela guarda integral. Ela afirmou que três de seus seis filhos queriam testemunhar contra o ator, mas foram impedidos pelo juiz John Ouderkirk.

Angelina Jolie e seus filhos
Angelina Jolie luta pela custódia integral de seus seis filhos Alberto E. Rodriguez/Staff/Getty Images

Um mês após a decisão, Angelina Jolie obteve uma vitória, quando seus advogados convenceram o tribunal que o juiz deveria ser demitido do caso, já que a defesa do ex-marido não revelou negociações anteriores que teve com John. 

Continua após a publicidade

A equipe de Pitt tentou lançar um recurso contra a demissão, fortemente retaliado por Jolie, que alega que o Tribunal de Apelação foi unânime em determinar que o juiz violou o Código de Ética Judicial.

“Não há nenhuma dúvida séria de que um juiz com remuneração privada que, sem divulgação completa, garantiu um relacionamento favorável com o cliente repetido com o advogado de um litigante, deve ser desqualificado”, dizia um documento do processo.

A última ação na batalha pela custódia integral ocorreu quando Brad Pitt iniciou uma ação legal em Luxemburgo contra Angelina Jolie para impedir que ela vendesse ações de sua propriedade francesa, o Château Miraval.

Brad Pitt
Brad Pitt briga pela custódia dos filhos no processo de divórcio Kevin Winter/Getty Images

Em entrevista ao Page Six, Theodore J. Boutrous Jr., advogado do ator, afirmou que “a decisão do tribunal inferior recompensará as partes que estão perdendo os casos de custódia de crianças e tolerará sua capacidade de jogo, permitindo que esperem para ver a provável direção do caso antes de solicitar a desqualificação do juiz”, alegou Theodore.

Para ele, a decisão do tribunal inferior é ruim para as crianças e para o sobrecarregado sistema judicial da Califórnia.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade