Quem serão os indicados ao Oscar 2020?

Segunda (13) saberemos quem são os indicados desse ano. Alguns já estão certos.

Segunda (13) é o dia que Hollywood sai da cama cedo. É porque é o dia em que são anunciados os indicados ao Oscar desse ano e não importa o que se diga, é o maior prêmio da indústria americana. O de maior prestígio, de muitas injustiças mas um reconhecimento que faz carreiras.

Parte da atração está justamente no número limitado de indicados por categoria. Há poucos anos aumentaram o total de concorrentes a Melhor Filme, mas a academia não faz distinção entre gêneros comédia ou drama. É ‘o melhor’ entre cinco finalistas, ou seja, quando os artistas repetem que é uma honra ser indicado pode ser que estejam minimizar a confissão de que querem ganhar, mas sim, é muita coisa estar entre os cinco melhores do ano. Os votos são das pessoas da indústria, os especialistas, então é uma questão de estar sendo validado entre os melhores por quem é do meio. É muita coisa, por mais que se desdenhe depois.

É verdade que para chegar a uma indicação tem muita coisa em jogo: política, marketing, dinheiro, popularidade, vontade de fazer campanha pelo voto… enfim, sim, também pelo valor artístico. Algumas vezes a arte é incontestável. Outras, naquele ano parece incrível mas ao chegar no próximo você tem dificuldade de lembrar quem ganhou no ano anterior. Rapidamente: você saberia quem ganhou no ano passado? Pois é, não importa. O que vale são os indicados desse ano. As bolsas de aposta fecharam em alguns nomes (mas todo ano tem surpresa) e segunda de manhã teremos a confirmação.

É bem provável que a cerimônia desse ano volte a ser com poucos candidatos negros. Em todas as premiações anteriores há menos indicados que nos anos anteriores, o que reflete um problema ainda recorrente na capital do cinema. Por outro lado, atores asiáticos podem compensar um pouco a diversidade.

Acompanhando as outras premiações, entre os indicados nas categorias de atuação devem estar:

Melhor Ator

 (IMDb/Divulgação)

Joaquin Phoenix, por Coringa. Talento ele tem de sobra. Seu desempenho em Coringa, é de tirar o fôlego. Ele já foi indicado duas vezes antes, com chances, mas perdeu. Desde o ano passado ele ganhou todas as premiações a que foi indicado. Que vai estar entre os cinco finalistas não há dúvida, a surpresa só pode ser se a Academia não aguentar as esquisitices dele e acabar surpreendendo na hora do The Oscar Goes To e entregar para outro. O que será difícil.

Ainda como Melhor Ator, devem ser indicados:

Adam Driver, por História de um Casamento. É a alma do filme em um desempenho sensível. Pode ameaçar Phoenix.

Leonardo DiCaprio, por Era Uma Vez em Hollywood. Com uma excelente atuação, mas com chances reduzidas.

Robert DeNiro, por O Irlandês

Taron Egerton, por Rocketman

Entre as zebras, podem estar Adam Sandler, Antonio Banderas ou Christian Bale.

Melhor Ator Coadjuvante

 (Instagram/Reprodução)

Na categoria de Melhor Ator Coadjuvante só deve vir peso pesado, porque tradicionalmente a categoria acaba reunindo atores mais velhos. Por isso mesmo o ‘garoto’ de 56 anos, Brad Pitt é o franco favorito para ser indicado e ganhar o Oscar. Além de boa atuação, Pitt é adorado em Hollywood e está com a história de redenção do ano, depois de ter ficado sóbrio – e solteiro.  Ele deve tirar as chances de

Tom Hanks por Um Lindo Dia na Vizinhança

Al Pacino
por O Irlandês

Joe Pesci
  por O Irlandês

Son Kang Go
por Parasita.

O azarão aqui pode ser Jamie Foxx tirando a vaga de Pacino por Just Mercy.

Melhor Atriz

Renée Zellwegger já está obviamente indicada assim como com as mãos em seu segundo Oscar, primeiro na categoria principal. Sua atuação como Judy Garland rendeu a ela, como Phoenix, todos os prêmios ao que foi indicada. Vitórias assim praticamente eliminam o suspense. Ela vai estar entre as 5 finalistas.

As outras devem ser:

Scarlett Johansson por A História de um Casamento. Sem maquiagem e entregue à sua personagem, Johansson receberá sem dúvida sua primeira indicação ao Oscar.

Com as duas devem estar:

Charlize Theron por O Escândalo. Está mais uma vez firme, interpretando perfeitamente Megyn Kelly, mas a indicação já é muito.

Saoirse Ronan por Adoráveis Mulheres. Entra ano e sai ano e Ronan é indicada, como uma nova Kate Winslet. Mas não será o ano da vitória, ainda.

Awkwafina deve ser o azarão da categoria por Farewell.  

Alguns falam de Cate Blanchett, mas as indicadas devem ser mesmo apenas essas.

Melhor Atriz Coadjuvante 

 (Divulgação/Netflix)

Laura Dern  fecha o quarteto de indicados certos e possíveis vencedores (Phoenix, Zellwegger, Pitt e ela). Em um grande momento de sua carreira, ela é filha de dois grandes atores, está literalmente em todas as séries e filmes elogiados do momento.

Outros nomes possíveis entre as indicadas:

Margot Robbie por O Escândalo, que não é o melhor papel de Robbie. Ela  pode ser indicada, na mesma categoria, por outro filme, Era Uma Vez em Hollywood.

Florence Pugh, a atriz que vai dominar os assuntos em 2020 (está em várias produções que chegarão ao cinema, incluindo A VIúva Negra) mas estar entre as finalistas será seu prêmio.

Jennifer Lopez por As Golpistas. J-Lo queria muito esse Oscar, mas mais do que nunca essa indicação. Vai ser bom porque o Red Carpet poucas sabem chamar a atenção como ela.

O quinto nome está ainda gerando dúvidas, Minha aposta é em Kathy Bates por Richard Jewell, o filme polêmico de Clint Eastwood. Mas também pode ser Nicole Kidman por O Escândalo, Annette Bening por The Report ou  Zhao Shuzhen por The Farewell.

Curiosa? Começa a contagem regressiva!

 

 Leia também: Para fugir de polêmicas Oscar 2020 será novamente sem apresentador

+ Confira a lista dos vencedores do Globo de Ouro 2020

%d blogueiros gostam disto: