Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Máxima organização no dormitório

Para fazer a área render, os arquitetos responsáveis apostaram todas as fichas na marcenaria: o closet é o ponto alto da proposta

Por Texto: Carine Savietto / Fotos: Luis Gomes - Atualizado em 19 fev 2020, 14h02 - Publicado em 4 mar 2016, 12h20

É no quarto que o móvel curinga – queridinho dos arquitetos e do morador – mostra-se por completo. Dotado de uma porta deslizante, ele é composto de dois guarda-roupas (o fundo de um deles é o painel da TV que se vê na página anterior) e uma estante vazada. “Criamos uma grande caixa de madeira que dá privacidade ao dormitório sem isolar os espaços. E já que esse bloco não vai até o teto, permite que a luz natural alcance discretamente a sala, que não tem janela”, explicam os arquitetos Erika Mello e Renato Andrade. O morador Felipe Brandão, por sua vez, ressalta o que mais gostou: “Tudo o que eu precisava guardar coube neste closet!”. 

Também confeccionada sob medida, a cama do tipo tatame esbanja conforto: trata-se de um colchão queen size apoiado sobre um tablado baixinho (25 cm de altura), que conta com dois práticos gavetões na lateral. 

A parede pintada de azul (Baleia-Azul, ref. P-075, da Suvinil) foi escolhida pelo morador por essa ser a cor que, de acordo com o feng shui, estimula um sono tranquilo. No cantinho, ainda coube um home office!

Publicidade