Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Leilão com roupas da Pabllo Vittar acontece esta semana em SP

O evento para angariar fundos para a Casa 1, projeto que acolhe jovens LGBT expulsos de casa, acontece na quinta-feira (31).

Por Lucas Castilho - Atualizado em 16 jan 2020, 13h33 - Publicado em 30 Maio 2018, 10h57

A Casa 1, lugar de acolhida de jovens LGBT expulsos de casa e centro cultural, é uma organização financiada pela sociedade civil* e, por isso, precisa da ajuda de todos para continuar funcionando. E, na próxima quinta-feira, dia 31, realiza um leilão para arrecadar fundos.

O evento acontece no Teatro Oficina, em São Paulo, e vai contar com peças da Pabllo Vittar e do Jaloo, obras dos artistas plásticos Arthur Scovino, Luan Zumbi e Mônica Nador e fotos de Karine Basilico, Facundo Guerra, do projeto voltado ao público gay “Made In Brazil”, entre outros.

Leia Mais: Pabllo Vittar estará na Parada do Orgulho LGBT 2018, em São Paulo

Para participar do leilão, que será em formato de parede, no qual os lances são dados nas fichas ao lado dos itens expostos, é necessário comprar um ingresso no valor de 50 reais. Quem estiver lá ainda poderá conferir um pocket show da Alice Caymmi e discotecagens dos DJs Gorky e Ledah Martins.

Continua após a publicidade

Os valores de entrada e vendas do bar serão 100% revertidos para o projeto. “Por conta desses processos [burocráticos] todos pra gente é essencial ter eventos como esse [para ajudar na captação de verbas] organizado por voluntários, voluntárias e apoiadores da Casa 1. Nossa ideia é fornecer uma boa experiência e abrir com chave de ouro a celebração da semana da Parada LGBT de São Paulo”, disse Iran Giusti, fundador do projeto, em comunicado enviado à imprensa.

Serviço:

CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: 18 ANOS.
Leilão Casa 1
Dia 31 de maio de 2018
Das 16h as 21h.
Entrada: R$50
Teatro Oficina Uzyna Uzona
Rua Jaceguai, 520. Bela Vista.

*Financiado por sociedade civil, o projeto conta com parceria de marcas e empresas que custeiam 52% das atividades, o restante é feito com a ajuda de pessoas físicas que contribuem mensalmente por meio da plataforma Benfeitoria.

Publicidade