Em discurso emocionado, Laura Dern chama seus pais de heróis

Quarenta e seis anos depois de acompanhar Diane Ladd ao Oscar, Laura Dern faz homenagem à ela e ao pai, Bruce Dern

Laura Dern tinha 10 anos quando foi ao seu primeiro Oscar.

Naquele ano, 1974, sua mãe, a atriz Diane Ladd foi indicada na mesma categoria de Melhor Atriz Coadjuvante por Alice não Mora Mais Aqui, de Martin Scorcese (perdeu para Ingrid Bergman em O Mistério no Expresso Oriente). As duas outras indicações que recebeu foram por filmes estrelados por Laura Dern: Um Coração Selvagem (1990) e Rosa, Uma Mulher de Fogo (1991).

 (Jeff Kravitz/FilmMagic/Getty Images)

Por isso estar ao lado da filha hoje (9), na vitória como Melhor Atriz Coadjuvante por HIstória de Um Casamento foi tão especial.

“Falam que você nunca conhece seus heróis, mas eu digo que se você for abençoado você os têm como pais”, disse Dern dedicando o prêmio aos pais, Diane Ladd – muito emocionada na platéia – e o ator Bruce Dern.

Sobre o Oscar, Dern foi brincalhona: “Esse foi o melhor presente de aniversário de todos os tempos”, concluiu,

 

%d blogueiros gostam disto: