Assine CLAUDIA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Martchela - Ministra do Namoro Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Jornalista, atriz e humorista, @martchela__ é apresentadora do Lambisgóia Cast
Continua após publicidade

O pior castigo: gostar de homem hétero cis

Continuamos muito cansadas, e agora com ranço

Por Martchela
23 nov 2023, 07h32

E aí, minhas amigas! Não é nenhuma novidade para as solteiras héteros que se envolver com homens medianos está cada vez mais difícil. Estamos evoluindo a cada dia, seja através de terapia, conversas profundas sobre sentimentos e relações com amigas, enquanto os homens parecem ter ficado para trás. Não compartilhamos mais a mesma linguagem e, sinceramente, estamos sem paciência.

Quando sabemos o nosso valor e o outro lado entrega pouco, simplesmente desistimos. No meu último texto sobre celibato voluntário das brasileiras (um texto humorístico, mas bem realista), recebi aplausos das mulheres e, é claro, reclamações dos homens que sempre estiveram no pedestal e hoje se incomodam quando nos elogiamos e nos chamamos de “FODAS”.

Aqui vão alguns exemplos sem nomes, pois ainda posso ser processada e não tenho dinheiro para os advogados: 

– “Quando as mulheres pedirem igualdade em TUDO, a gente conversa… pedir igualdade em cargo executivo em empresa é mole, quero ver pedir igualdade no chão de fábrica, na estação de petróleo, na profissão de coveiro, de operador de maquinário pesado ou nas linhas de frente das forças armadas e polícias… ahh vá, tomem vergonha na cara!”

Primeiro, existem mulheres nessas posições, mas se ele está incomodado com trabalhos pesados e mal remunerados, existe algo chamado Ministério do Trabalho, MP e greve. SURPRESA!!! Ninguém quer condições ruins no trabalho e nem falta de segurança.

– “‘Mulheres foda’s, ‘aceitamos migalhas’. Em que mundo doentio as pessoas vivem para se classificarem como fodas?”

Continua após a publicidade

No mundo que está nos dando espaço depois de tanta luta, e ainda estamos nas ruas para garantir nossos direitos e procurar igualdades. Desculpe, cristalzinho, a gente tá chegando lá e pode se incomodar, porque estamos vindo fortes.

– “Acho curioso como as mulheres estão se colocando num pedestal em que não estão. Não é porque você é mulher que você é ‘foda’, o que não falta por aí são mulheres horríveis. É impossível se relacionar com mulheres que chegam num encontro vestindo uma armadura de ‘Eu sou foda’. Além de patético, é broxante, literalmente. Se a pessoa não consegue se colocar diante da outra como um ser humano que está aqui no mundo para evoluir e melhorar como pessoa, então, simplesmente, não há esperança de que um relacionamento saudável aconteça.”

Não é surpresa alguma que vocês homens não nos queiram no pedestal. E quando temos o mínimo de visibilidade, poder, dinheiro, vocês criam maneiras agressivas para nos rebaixar.

Um estudo realizado pelo Instituto Ideia com 663 voluntários revelou que apenas 3% dos homens brasileiros se acham feios e que 47% se consideram bonitos.

A autoestima entre os homens se mostrou elevada, enquanto o resultado da pesquisa realizada pelo Instituto Kantar, do Ibope, divulgou que, entre as mulheres, a realidade é outra: 20% sofrem com baixa autoestima.

Continua após a publicidade

Logo entendemos que eles não querem dividir a fatia do bolo. Tudo bem, a gente se apoia e se ajuda. Sempre foi e sempre será assim.

E se eles estão tão incomodados porque eu escrevi que somos “fodas” (somos), esperem até eu trazer histórias horripilantes da falta de higiene de muitos caras em encontros, desde cocô na parede, garrafas de mijo na gaveta até pata de barata no pau.

Agradeço a audiência e até mais, mulheres fodas que se esforçam três vezes mais e ainda ganham pouco, mas que continuam indo para a balada perfumadas, exercem um papel incrível e têm que receber esse tipo de comentário triste da nossa realidade.

Mãos dadas, vamos em frente, mesmo que seja nesse celibato voluntário.

Martchela. 

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

O mundo está mudando. O tempo todo.
Acompanhe por CLAUDIA e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.

Acompanhe por CLAUDIA.

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 12,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.