CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

Livro registra fachadas de predinhos charmosos de São Paulo

Bel Herbetta começou a registrar sua paixão pela arquitetura da cidade no instagram e o material evoluiu para uma publicação impressa

Por Nádia Simonelli Atualizado em 24 set 2021, 10h52 - Publicado em 25 set 2021, 09h00
prédios charmosos de São Paulo
Rafael D’Andrea/CASA CLAUDIA

Durante a correria do dia a dia, típica de São Paulo, muitas vezes, deixamos de apreciar a beleza arquitetônica da cidade. Mas, basta tirar os olhos do celular durante os deslocamentos para perceber a variedade de cores e formas que compõem a paisagem que nos rodeia. Foi com esse olhar atento durante os passeios pelas ruas, que Bel Herbetta começou a registrar predinhos de todos os tipos e décadas no instagram @predinhosdesp. O material fez tanto sucesso que deu origem ao livro 99 Predinhos.

Predinho na Rua Bocaina, em Perdizes.
Predinho na Rua Bocaina, em Perdizes. Rafael D’Andrea/CASA CLAUDIA

Na publicação recém-lançada tem desde o Edifício União Fraterna, projeto de 1934 dos arquitetos Ricieri Pinotti, José Viandana e Ítalo Catalani, passando pelo Edifício Biacá, de 1952 de Plínio Croce e Roberto Aflalo, até os predinhos em versões mais novas, como o Edifício Apiacás de 1972, que ganhou retrofit em 2017 do Dal Pian Arquitetos, além dos recém-inaugurados, Tico Ribeiro do Vale com projeto de Terra+Tuma, e o Reserva Alto de Pinheiros, do escritório Anastassiadis Arquitetos.

Edifício União Fraterna.
Edifício União Fraterna. Rafael D’Andrea/CASA CLAUDIA

Bel Herbetta conta no livro que sua paixão pelos predinhos de São Paulo se consolidou quando ela começou a trabalhar como corretora em 2018 na Refúgios Urbanos, uma imobiliária tocada por amantes da arquitetura.

“Como muitas das coisas que fazemos por intuição, não sei dizer claramente o que me levou a criar o instagram @predinhosdesp. Tinha acabado de entrar para o time da Refúgios Urbanos, e eles falavam muito sobre edifícios assinados, arquitetos e prédios icônicos. Meu lado arquiteta se deliciava com tantas inspirações, mas meu lado iniciante no mundo dos imóveis começava a olhar a cidade sob um novo ponto de vista. E foi aí que me descobri amante dos predinhos!”, conta.

Predinho dos anos 1970, na Vila Uberabinha.
Predinho dos anos 1970, na Vila Uberabinha. Rafael D’Andrea/CASA CLAUDIA

O livro foi idealizado por Bel Herbetta e Matteo Gavazzi, sócio-fundador da Refúgios Urbanos. Tem fotografias de Rafael D’Andrea e textos por Alfa Reality, Ana Shaida, Melanie Graile e Marianna Sergio.

Ana Shaida, corretora e sócia da Refúgios, conta no livro como o Conjunto Ana Rosa na Vila Mariana, um empreendimento imobiliário dos anos 50, despertou sua vontade de morar em um predinho. Fato que se concretizou quando se encantou pelo Edifício Santa Lúcia, onde mora atualmente, um clássico dos anos 40 e um dos 99 Predinhos. Ela narra, ainda, para o leitor sobre como começou o seu próprio interesse por predinhos. Histórias como estas e sobre as construções são algumas das narrativas contadas no livro.

Edifício Adolpho Flaks, na Rua Padre João Manuel.
Edifício Adolpho Flaks, na Rua Padre João Manuel. Rafael D’Andrea/CASA CLAUDIA

Informações:

99 Predinhos
Idealizadores: Bel Herbetta e Matteo Gavazzi
Fotografias: Rafael D’Andrea
Textos:  Alfa Reality, Ana Shaida, Melanie Graile e Marianna Sergio
Edição/projeto gráfico/produção: Milena Leonel
Editora Brava
Preço do livro:  90 reais à venda pelo site da editora

 

  • Continua após a publicidade
    Publicidade