6 ambientes da CASACOR São Paulo que merecem sua atenção

O evento propõe uma reflexão sobre o lar como refúgio e espaço para pensar em um futuro melhor

A casa é o universo particular de cada indivíduo, o lugar onde contamos nossa história. Pensando nisso, a 33ª edição da CASACOR São Paulo traz o tema Planeta Casa, com 78 espaços projetados por arquitetos e designers de interiores brasileiros.

Aberta à visitação até 4 de agosto no Jockey Club, a mostra reforça a ideia de que as mudanças começam dentro do lar e se refletem na comunidade – levando a um futuro mais feliz e sustentável.

A equipe de CLAUDIA selecionou seis projetos que trazem leveza aos ambientes. Confira:

Studio Hygge

CASACOR São Paulo

 (Alexandre Disaro/CLAUDIA)

A designer de interiores Melina Romano baseou-se no conceito hygge, palavra dinamarquesa que quer dizer conforto e bem-estar. O resultado é um ambiente acolhedor, cheio de referências à natureza, com tons terrosos e materiais naturais, como a palha no armário do quarto e na bancada da cozinha.

CASACOR São Paulo

 (Alexandre Disaro/CLAUDIA)

O espaço promete ainda uma visita às memórias afetivas da infância com o piso de cerâmica rústica, que lembra o chão da casa dos avós.

Casa Dendê

CASACOR São Paulo

 (Alexandre Disaro/CLAUDIA)

O arquiteto Nildo José decidiu resgatar as origens baianas neste projeto. Nascido em Feira de Santana, a 100 quilômetros de Salvador, Nildo ia com frequência à capital e a outras cidades do Recôncavo Baiano quando criança. Com a região em mente, instalou nas paredes um painel ripado de madeira, da Duratex, brincando com formas côncavas e convexas. O tom escuro faz referência ao jacarandá, árvore nativa do estado.

CASACOR São Paulo

 (Alexandre Disaro/CLAUDIA)

Para trazer a leveza da cultura local, elaborou uma caixa branca com muxarabi, elemento arquitetônico em forma de treliça, para delimitar o espaço da cozinha e do banheiro. Na sala de estar, a estante completa a lista de homenagens, com garrafas de vidro decorativas cheias de areia das praias da região.

Árvore da Vida

CASACOR São Paulo

 (Alexandre Disaro/CLAUDIA)

Inspirado pela simbologia sagrada da árvore, que remete à fertilidade e à vida eterna, o arquiteto Marcelo Salum criou um ambiente todo integrado. “Procurei incluir nele a energia feminina, o retorno às raízes. As esculturas que usei na decoração têm ligação com a mulher. Por isso a árvore toda de madeira na entrada, feita pelo artista Alexandre Matos”, explica.

CASACOR São Paulo

 (Alexandre Disaro/CLAUDIA)

Assim, o espaço proporciona ao visitante a oportunidade de se reconectar com sua essência e de experimentar um olhar mais solar sobre o mundo graças à predominância do amarelo. Há também muitos objetos de origem natural, como os tapetes e a louça de barro.

Atelier de Morar

CASACOR São Paulo

 (Alexandre Disaro/CLAUDIA)

Um espaço completamente unificado foi desenhado pela arquiteta Denise Barretto, que retorna à CASACOR depois de um hiato de dois anos. “O coração do projeto é o living, marcado por um tapete central que convida as pessoas a sentar até no chão para conversar”, diz ela.

CASACOR São Paulo

 (Alexandre Disaro/CLAUDIA)

A peça é também um truque de mágica, pois esconde a transição dos dois pisos escolhidos para compor o espaço, um porcelanato com filetes metálicos e um assoalho de carvalho clareado. Para proporcionar uma atmosfera fresca a seu refúgio, Denise criou janelas pivotantes, que beneficiam a ventilação cruzada, e um jardim de inverno ao lado da suíte.

Casa Container

CASACOR São Paulo

 (Alexandre Disaro/CLAUDIA)

O desejo da arquiteta Marilia Pellegrini era criar um lar prático, que fosse erguido em grande parte com a reutilização de materiais. O projeto vem desmitificar a ideia de que um container é um espaço frio e mal-acabado. Aconchegante e confortável, a casa de 60 metros quadrados tem decoração inspirada no estilo japonês high-tech.

CASACOR São Paulo

 (Alexandre Disaro/CLAUDIA)

Os objetos e revestimentos na cor branca trazem a sensação de quietude e calmaria. O acabamento, feito com Dekton, material muito resistente da Cosentino, garante a durabilidade da construção. O destaque é a horta tecnológica na bancada da cozinha, da marca italiana Plantui, que contribui para o futuro sustentável proposto pela arquiteta.

Casa Pausa

CASACOR São Paulo

 (Alexandre Disaro/CLAUDIA)

Seguindo os valores da filosofia oriental tradicional, o arquiteto Michel Safatle construiu um refúgio em meio ao caos urbano. Em 65 metros quadrados, ele brinca com o contraste entre preto e bege e cria um ambiente que incentiva o visitante a desacelerar e se reconectar consigo mesmo.

CASACOR São Paulo

 (Alexandre Disaro/CLAUDIA)

Apaixonado pela obra de Tarsila do Amaral, Michel expõe o esboço do quadro A Negra, que pertence a uma colecionadora e nunca tinha sido visto pelo público. “Precisamos prestigiar o talento das mulheres, como Tarsila e Elian Grey, uma das precursoras do design moderno, que assina a poltrona Transa (preta), no living,” diz ele.

CASACOR São Paulo

 (Alexandre Disaro/CLAUDIA)

CASACOR São Paulo

Quando: de 28 de maio e 4 de agosto

Onde: Jockey Club – Av. Lineu de Paula Machado, 1075

Ingressos: R$ 64 (inteira – pela internet) | Compre aqui

Leia também: O que é tendência na CASACOR Goiás

12 objetos de decoração que vão deixar sua casa mais colorida

Vote e escolha as vencedoras do Prêmio CLAUDIA