Executivo é demitido após comentário contra mulheres no Twitter

Em postagem misógina, ele afirmou que sentia "saudade do tempo que mulher dava a b* e não opinião"

Um executivo foi demitido após publicar no Twitter que sente “saudade do tempo que mulher dava a b* e não opinião”. Uma seguidora de Milton Vavassori Junior enviou um e-mail para a filial da empresa Promarc Technology Corporation no Brasil reclamando da postagem, de acordo com O GLOBO.

Segundo Marco Aurelio Modelli, executivo que representa a Promarc em São Paulo, a demissão ocorreu assim que tomaram ciência do ocorrido e que sua vaga, na Flórida, já foi preenchida.

O post feito por @beruta era sobre feminismo. “Quando os homens imaginam uma revolta feminina, eles imaginam um mundo em que as mulheres governam homens como homens governam as mulheres. Não é de se admirar que eles tenham medo”.

— Ele pediu desculpas e tudo, mas foi meio tarde — completou Modelli.

Leia também: Homem que vazou fotos íntimas de Paolla Oliveira pede “desculpas”